Sábado, 06 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Aumenta número de pacientes queimados no Huse


Avatar

Publicado em 28 de junho de 2022
Por Jornal Do Dia Se


De acordo com o superintendente do Huse, Walter Pinheiro, nesta véspera de São Pedro, é de fundamental importância que a população sergipana – formada hoje por mais de 2,3 milhões de habitantes -, esteja atenta aos cuidados durante o final destes festejos juninos.

Um aumento superior a 300% foi contabilizado no quantitativo de pacientes vítimas de queimadura durante os festejos de São João deste ano; a evolução negativa é referente apenas ao fluxo de ocorrências registradas na Unidade de Terapia para Queimados (UTQ), do Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse). Em balanço apresentado na manhã de ontem pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), o governo de Sergipe oficializou que 31 pacientes precisaram de acolhimento na maior unidade pública hospitalar do estado. O JORNAL DO DIA ao longo dos últimos anos vem apurando esses indicativos; em 2020 foram contabilizadas 05 ocorrências; já no ano passado foram 09 prontuários protocolados no Huse.
Em 2019, quando não haviam restrições impostas pelo governo do estado em virtude da pandemia provocada pelo coronavírus, nos dias 23 e 24 de junho daquele ano o Huse registrou 33 atendimentos a vítimas de queimaduras. Em conversa com o JD, a gerente da UTQ, Wandressa Nascimento, já havia destacado a possibilidade de indicativos inferiores a 2019, por exemplo, porém, com aumento real em comparação ao ano passado, quando a soltura de fogos e acendimento de fogueiras permanecia impossibilitado. No acumulado dos festejos juninos – a contar com hoje e amanhã, véspera e dia de São Pedro, respectivamente -, a Secretaria da Saúde lamenta, mas segue acreditando em elevação dos casos.
“Em 2020 estávamos todos vivenciando o começo da pandemia; era natural e esperado que esses números fossem reduzidos se comparado a 2019. Já no ano passado observamos que as pessoas estavam de certa forma cansadas, aglomerando mais, e isso nos levava a crer em aumento dos atendimentos. Agora em 2022, com a retomada integral das festas e fim da impossibilidade de utilização de fogos e fogueiras, era realmente esperado que o número de acidentes voltasse a sofrer forte impacto. Desde o período da flexibilidade e anúncio das festas públicas o setor de queimados do Huse começou a se preparar para os possíveis atendimentos que iríamos receber”, avaliou a gerente.
De acordo com o superintendente do Huse, Walter Pinheiro, nesta véspera de São Pedro, é de fundamental importância que a população sergipana – formada hoje por mais de 2,3 milhões de habitantes -, esteja atenta aos cuidados durante o final destes festejos juninos. “É importante que as pessoas continuem aproveitando os festejos com cuidado e moderação, esse alerta deve permanecer pelo período todo dos festejos juninos. Esse ano teremos festividade até o próximo domingo [dia 03 de julho]; todos estavam com saudade desse movimento cultural, mas nunca é demais lembrar as pessoas para os cuidados redobrados. Isso vai desde a soltura de fogos, passando por consumo de bebidas alcoólicas, e direção responsável”, disse. Em Sergipe, as cidades de Capela e Nossa Senhora do Socorro possuem apresentações/shows até o próximo final de semana. (Milton Alves Júnior)

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade