Domingo, 07 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Banese tem lucro de R$ 12 milhões no primeiro trimestre do ano


Avatar

Publicado em 17 de maio de 2022
Por Jornal Do Dia Se


O Patrimônio Líquido do Banese alcançou R$ 573,3 milhões no primeiro trimestre do ano. No comparativo anual, o aumento chegou a 12,6%.

O Banese alcançou lucro líquido de R$ 12 milhões de janeiro a março de 2022, valor 8,1% superior ao obtido nos últimos três meses de 2021. O resultado é fruto, principalmente, da expansão da carteira de crédito e do crescimento das captações de recursos. O banco registrou, ainda, a ampliação dos ativos totais e do patrimônio líquido da instituição. Os dados foram divulgados na sexta-feira (13).
O presidente do Banese, Helom Oliveira, ressalta que mesmo em um cenário de recuperação econômica marcado por pressões inflacionárias, instabilidades no mercado de trabalho e redução das expectativas de crescimento nacional e internacional, o banco mostrou solidez e competência para continuar expandindo os negócios.
“O desempenho positivo reflete a capacidade de inovação do banco para se adaptar, de forma planejada e estratégica, às novas tendências do mercado e de consumo digital, reestruturando o modelo de vendas, ampliando o crédito para pessoas físicas e empresas, e investindo em projetos de desenvolvimento local e regional. Tudo graças à fidelidade dos nossos clientes e ao trabalho comprometido dos nossos funcionários”, explica Helom Oliveira.
Os ativos totais do banco ultrapassaram a marca dos R$ 7,9 bilhões ao final de março de 2022, um crescimento de 8,4% nos primeiros três meses do ano, com destaque para a variação positiva de 15% no saldo das aplicações financeiras. Já na comparação com os 12 meses anteriores, o aumento foi de 12,4%.
O Patrimônio Líquido do Banese alcançou R$ 573,3 milhões no primeiro trimestre do ano. No comparativo anual, o aumento chegou a 12,6%.
A carteira de crédito ampliada do Banese alcançou a marca de R$ 3,4 bilhões ao final de março de 2022. O valor representa um aumento de 3,1% em relação ao último trimestre de 2021, e de 17,4% na comparação anual. Do total registrado, o crédito comercial correspondeu a R$ 2,5 bilhões, tendo crescimento de 4,5% de janeiro a março deste ano, e de 19,2% nos últimos 12 meses.
A carteira de desenvolvimento, destinada a financiamentos nos setores imobiliário, rural e industrial, chegou a 20,8% da carteira de crédito total da instituição, tendo seu aumento impulsionado pela expansão dos financiamentos imobiliários.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade