Quinta, 18 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Crianças de Aracaju participam de pesquisa sobre verminoses


Avatar

Publicado em 05 de julho de 2012
Por Jornal Do Dia


Equipe do Centro de Zoonoses no Oratório de Bebé

As equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estiveram na Escola do Oratório de Bebé para realizar o Inquérito Nacional de Prevalência da Esquistossomose mansoni e da Geo-helmintoses. Para a pesquisa, o CCZ está recolhendo amostras de fezes dos estudantes de escolas públicas selecionadas. Os frascos coletores das amostras são distribuídos, antecipadamente, nesses estabelecimentos. A leitura das amostras coletadas será realizada no laboratório do CCZ.

A pesquisa  do Ministério da Saúde envolve crianças e adolescentes com idade entre sete a 14 anos. Em Aracaju, vão participar do inquérito 2.180 alunos e alunas de escolas sorteadas para colaborar com a identificação e intensidade da transmissão de verminoses (ascaridíase, trichiuríase e da ancilostomíase) no município.

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Paulo Tiago, explica que para realizar o diagnóstico parasitológico, "os pais, mães e/ou responsáveis pelos menores autorizam a participação do filho na pesquisa, assinando o termo de consentimento para a inclusão no inquérito".

Atuação – Para a pesquisa, as crianças e adolescentes recebem nas próprias escolas selecionadas os frascos coletores. No dia seguinte, os agentes de endemias CCZ voltam ao local para recolher o material. A agente de endemias, Silvaneide Nascimento, disse que a atividade oportuniza nas salas de aula uma breve intervenção de educação em saúde.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade