Sábado, 13 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Ipes não está marcando consultas para pediatria


Avatar

Publicado em 01 de julho de 2022
Por Jornal Do Dia Se


Na manhã de ontem, em mais uma tentativa, Renata de Jesus, mãe de uma criança de 03 anos, informou que por telefone foi aconselhada a buscar um serviço particular no valor máximo de R$ 120, pegar um recibo e pleitear o reembolso.

Contribuintes associados ao Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe (IPES) estão impacientes com o serviço prestado ao longo dos últimos meses. Em denúncia formalizada ao JORNAL DO DIA, duas mães, credenciadas no plano de saúde, lamentaram que estão enfrentando dificuldades para agendar a primeira consulta pediátrica para os respectivos filhos. Na manhã de ontem, em mais uma tentativa, Renata de Jesus, mãe de uma criança de 03 anos, informou que por telefone foi aconselhada a buscar um serviço particular no valor máximo de R$ 120, pegar um recibo e pleitear o reembolso. Acima desse valor, o IPES – segundo a atendente -, não se comprometia a restituir.
Em conversa com o JD, a contribuinte garantiu que está amplamente adimplente para com as suas obrigações financeiras junto ao Instituto, mas que desde o mês de maio não consegue agendar nenhuma consulta. “Inicialmente nos pedem para marcar consultas via ligação a partir das 7h. Inúmeras vezes eu tentei, e, menos de 15 minutos as agendas estão fechadas. Agora, que consegui falar direito as minhas necessidades, fui informada que o IPES está sem médicos pediátricos, como também a primeira consulta deve ser feita em atendimento particular, desde que custe até 120 reais. Depois eu devo entrar com um pedido de reembolso. Essa é uma verdadeira falta de respeito com o associado que todo santo mês o valor do plano já vem descontado no contracheque”, protestou.
Durante a tarde de ontem a reportagem do JORNAL DO DIA tentou entrar em contato com algum diretor do Instituto de Promoção e de Assistência à Saúde de Servidores do Estado de Sergipe, mas não obteve sucesso nas ligações. Caso a gestão do IPES deseje se manifestar sobre as denúncias, o JD segue à disposição para apresentar os possíveis contrapontos; com a devida autorização da denunciante, este veículo oficial de comunicação também pode compartilhar o respectivo contato telefônico e endereço de correio eletrônico (e-mail) para possível solução do problema. Ainda em conversa com o JD, a servidora pública revelou que pretendia denunciar a situação junto ao portal de ouvidoria do IPES. (Milton Alves Júnior)

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade