Quarta, 17 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Sergipe está entre os nove estados aptos a receberem recursos para o Ensino Médio em Tempo Integral


Avatar

Publicado em 10 de junho de 2022
Por Jornal Do Dia Se


Do valor total de R$ 169.212.723, 60 (cento e sessenta e nove milhões, duzentos e doze mil, setecentos e vinte três reais e sessenta centavos), Sergipe receberá R$ 17.123.022,24 (Dezessete milhões, cento e vinte e três mil, vinte dois reais e vinte e quatro centavos) em custeio e capital geral, contabilizando uma matrícula de 15.175 alunos matriculados e registrados pelo censo 2021.

O Ministério da Educação divulgou nessa quarta-feira (8), no Diário Oficial da União os nove estados brasileiros que estão aptos a receber recursos referentes ao Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral e autoriza ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação o pagamento dos devidos recursos. Sergipe está entre os nove estados e pontua a quarta posição de crescimento de matrícula nas escolas que ofertam essa modalidade.
Do valor total de R$ 169.212.723, 60 (cento e sessenta e nove milhões, duzentos e doze mil, setecentos e vinte três reais e sessenta centavos), Sergipe receberá R$ 17.123.022,24 (Dezessete milhões, cento e vinte e três mil, vinte dois reais e vinte e quatro centavos) em custeio e capital geral, contabilizando uma matrícula de 15.175 alunos matriculados e registrados pelo censo 2021.
O secretário de Estado da Educação, Josué Modesto dos Passos Subrinho, explica que a expansão da matrícula ostenta também o aporte de mais investimentos, além de que para o Estado estar apto necessita do cumprimento de uma série de fatores, a exemplo de formação continuada, melhoria da infraestrutura, construção de espaços de lazer e aprendizagem, entre outros itens. Josué Modesto ressalta que em Sergipe a implantação do Ensino Médio em Tempo Integral tem ocorrido de forma gradativa, e que a cada ano os índices demonstram os resultados mais positivos de aprendizagem nessa modalidade dentre as escolas da rede estadual.
De acordo com Emanoella Ramos, diretora do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (NGTI), desde agosto de 2021, Sergipe é considerado pelo FNDE um dos estados aptos a receberem mais investimentos para o programa EMTI. “Sergipe permanece entre os estados que mais executaram recursos do programa, promovendo o retorno desses investimentos aos estudantes da rede pública e, consequentemente, à sociedade sergipana, com responsabilidade e de forma célere, garantindo a continuidade de mais investimentos”, explica.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade