Quinta, 18 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Vereadores de Rosário aprovam contas de ex-prefeito durante sessão tensa


Avatar

Publicado em 24 de junho de 2012
Por Jornal Do Dia


Em tensa sessão extraordinária realizada na Câmara Municipal, os vereadores de Rosário do Catete votaram o projeto de decreto que indicava pela rejeição da prestação de contas do ex-prefeito Laércio Passos referente ao exercício financeiro de 2006. A reunião foi marcada ontem porque o prazo final de 60 dias para a votação vencia no domingo (24), uma vez que o parecer do Tribunal de Contas do Estado chegou à Casa no dia 24 de abril.
Assim que a sessão foi iniciada, o 1º secretário Hélio dos Santos leu os pareces das comissões legislativas indicando pela rejeição das costas do ex-prefeito. Logo após, o projeto de resolução pela rejeição foi lido e colocado em votação pelo presidente Delson Leão.
Com cinco votos a favor do projeto (Hélio dos Santos, Maria José, Genilson França, Acácia Calazans e Delson Leão), dois contra (Amélia Passos e Maura Cecília) e uma abstenção do vereador Helber dos Santos, o parecer do Tribunal de Contas do Estado que indicava a aprovação das contas com rejeição foi mantido. Para ser aprovado, o projeto do Legislativo precisaria de seis votos favoráveis.
As contas do ex-prefeito foram aprovadas com ressalvas devido a "divergências dos decretos constantes da prestação de contas, quando comparado com o SISAP/AUDITOR" e do "demonstrativo da conta bancos ter divergido do saldo contábil informado nas conciliações bancárias e dos valores da respectiva conta apresentados no balanço financeiro da prestação de contas", além do "fracionamento de licitação".
Como o período inspecionado foi considerado irregular, o TCE aplicou uma multa administrativa no valor de R$ 2 mil ao gestor à época. A sessão plenária, que emitiu parecer prévio recomendando a aprovação com ressalvas, foi realizada no dia 6 de outubro do ano passado.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade