Sexta, 23 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

GILVAN MANOEL


Avatar

Publicado em 16 de dezembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


Balanço de Rogério

O senador Rogério Carvalho promoveu, na sexta-feira (15), um almoço de confraternização com a imprensa, quando fez um balanço dos seus cinco anos de mandato. Neste período, o senador direcionou emendas para os municípios sergipanos que ultrapassaram R$ 1 bilhão. Os investimentos abrangem os setores de Saúde, Educação, Infraestrutura, Segurança Pública, Cultura e aquisição de veículos.
Este mês, Rogério foi indicado pelo PT e assumiu como titular na CPI que investigará a Braskem, empresa responsável pelo afundamento do solo em cinco bairros de Maceió. É cotado para ser o relator. Ele também assumiu a presidência da Comissão Mista responsável por analisar a Medida Provisória 1185/2023, que promove alterações substanciais nas regras das subvenções do ICMS para grandes empresas.
Rogério fez questão de reafirmar que o PT é oposição ao governo Fábio Mitidieri. “O PT foi votado por 49% do eleitorado sergipano nas eleições de 2022. Essa expressiva parcela da população quer o partido na oposição. As tendências internas do PT também deliberaram nesse sentido”, reforçou.

 

Privatizaçãoda Deso

No Diário Oficial desta quinta-feira (14), foi anunciado que na próxima segunda-feira (18), será realizada na Biblioteca Ephinaio Dória uma audiência pública para discutir a elaboração do Anteprojeto de Lei Complementar que visa reorganizar as microrregiões de saneamento básico de Sergipe. A proposta pretende instituir a Microregião de Água e Esgoto de Sergipe (MAES) e sua estrutura de governança.
Para o deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania), a audiência representa uma certeza: a privatização da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) está cada vez mais próxima. O parlamentar utilizou o grande expediente da sessão plenária desta quinta-feira para falar sobre o assunto e voltou a criticar o caminho que tem sido tomado pelo Governo do Estado rumo à venda da companhia.
“É algo que estamos alertando há algum tempo. Na terça-feira, avisamos aqui na Assembleia que essa audiência aconteceria em breve e agora, com a confirmação da data e horário, sabemos que o próximo passo é o envio do anteprojeto para apreciação antes do recesso. É a privatização da Deso que está se aproximando e precisamos nos posicionar para que isso não aconteça”, afirmou o deputado.
A audiência tem como objetivo garantir a prestação regionalizada de serviços de água e esgoto para a geração de ganhos de escala necessários para a viabilidade técnica e econômica da prestação de serviços. Georgeo explicou que esse processo faz parte de uma futura venda, com os serviços de fornecimento de água sendo repassados para a iniciativa privada. “Devem vender após isso”, previu.
O parlamentar argumentou que não há necessidade de privatizar uma empresa tão importante socialmente e que ainda gera lucro para o Governo. “Entendemos que é preciso melhorar a qualidade, pois há várias reclamações. No entanto, somente no ano passado, a Deso gerou um lucro de quase R$ 50 milhões. Não podemos permitir que ela saia das mãos do Estado”, assegurou.

Em defesa da Deso pública

Na próxima terça-feira (19), às 7h30, o SINDISAN, em parceria com o mandato do deputado federal João Daniel (PT/SE), realizará um café da manhã, em sua sede, no bairro Getúlio Vargas, para o lançamento da Frente Sergipana em Defesa da DESO Pública, com o objetivo de agregar as forças políticas, movimentos social, sindical e popular e todos aqueles que apoiam a luta contra o projeto de privatização da água e do saneamento básico em Sergipe.
Ainda durante a atividade o presidente do SINDISAN, Silvio Sá, irá expor dados sobre a real situação da Companhia de Saneamento de Sergipe e números que comprovam a inviabilidade econômica da proposta defendida pelo governador Fábio Mitidieri (PSD) de concessão parcial à iniciativa privada – por longos 35 anos – dos serviços de abastecimento de água e coleta e tratamento dos esgotos, no mesmo modelo que foi adotado no estado de Alagoas e que comprovadamente deu errado, com enormes custos para a população alagoana e para o Estado.

Comando da EBC

A professora da Universidade Federal de Sergipe, Maíra Bittencourt Maia, foi nomeada como diretoria geral da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), com mandato até 2025. O decreto já foi publicado no Diário Oficial da União. O posto estava vazio desde o pedido de demissão de Hélio Doyle. A indicação foi do secretário-geral da Presidência, Márcio Macêdo (PT).

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade