Domingo, 14 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Greve na FHS dura 24 horas


Avatar

Publicado em 29 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Após 24 horas de atividades parcialmente interrompidas, profissionais da enfermagem que integram o quadro de funcionários da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), recompõem integralmente na manhã de hoje as escalas operacionais. Coordenada pela direção do Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe (Seese), a mobilização se fez necessária diante da extinção do contrato de gestão da Fundação com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a ausência de Acordo Coletivo de Trabalho vigente e a falta de reajuste salarial nos últimos 12 meses. Paralelo aos enfermeiros, profissionais de medicina, fisioterapia, odontologia, nutrição e farmácia também optaram por impulsionar o ato coletivo. Para garantir o mínimo de assistência, 50% destas categorias permaneceram nos respectivos locais de trabalho.
Em assembleia geral, ficou definido ainda que durante todo o dia de ontem seria realizado um ato público em frente ao Tribunal de Justiça Federal, na zona Norte de Aracaju; o cronograma de ações foi respeitada pelos profissionais. Na concepção dos trabalhadores da saúde pública, é inadmissível se deparar com a recusa do Estado em aceitar a proposta dos Ministérios Públicos Federal (MPF), do Trabalho (MPT) e Estadual (MPSE), os quais incluíam o encerramento das contratações de Cargos em Comissão e Processo Seletivo Simplificado da Fundação, bem como a realização de um concurso público, a redução dos CC’s e a devolução das pessoas cedidas à Fundação. A presidente do SEESE, Shirley Morales, enalteceu a necessidade de paralisar parte dos serviços e se concentrar no Tribunal Federal de Justiça.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade