Terça, 21 De Maio De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Greves aumentam


Avatar

Publicado em 08 de maio de 2024
Por Jornal Do Dia Se


A situação vivenciada por boa parte da classe trabalhadora brasileira nos últimos anos vem sendo marcada por um profundo processo de precarização, fortemente impulsionado pela reforma trabalhista e pelo desmonte dos serviços públicos sob os governos de Michel Temer e Jair Bolsonaro. Frente a isso, a greve continua sendo uma das armas usadas pelos trabalhadores para manter ou conquistar direitos básicos. No ano de 2023, foram 1.132 greves, crescimento de 6% em relação a 2022.
Ao todo, as greves resultaram em 42 mil horas paradas. No setor público (funcionalismo e empresas estatais), houve 628 greves (55,5% do total); já na esfera privada, houve 488 greves (43,1%). As informações fazem parte de estudo divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).
Dentre as principais reivindicações, estão o reajuste salarial (40,3%), seguido dos protestos por cumprimento do piso salarial (26,7%), pagamento de salários em atraso (21,7%), condições de trabalho (20,9%), alimentação (18,4%), melhoria dos serviços públicos (17,4%) e Plano de Cargos e Salários (14,7%).

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade