Terça, 21 De Maio De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Incêndio em garagem destrói 12 ônibus escolares


Avatar

Publicado em 13 de abril de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O fogo destruiu 12 ônibus; ninguém ficou ferido (Divulgação)

Peritos do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSE)devem apresentar em até 30 dias úteis um relatório técnico que identifique as causas do incêndio de grande proporção registrada na madrugada de ontem em uma garagem localizada no Conjunto Marivan, Bairro Santa Maria, na zona Sul de Aracaju. Conforme oficializado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), apesar da ação versátil da corporação, 19 ônibus – os quais integram o sistema de transporte escolar na capital sergipana -, foram totalmente destruídos pelas chamas. Não houve registro de feridos e outros 125 ônibus foram preservados. O espaço pertence a uma empresa que presta o serviço para a Prefeitura de Aracaju, por intermédio de contrato terceirizado.
Responsável por coordenar a operação, o tenente Talles Lucena revelou que equipes lotadas no quartel central e no 2º SGBM (Praia de Atalaia) foram acionadas via Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP), por volta das 02h30. Após o primeiro coando a ocorrência, a primeira viatura chegou ao local em menos de 25 minutos. Profissionais da Polícia Militar também foram direcionados para o espaço a fim de colaborar com o trabalho dos bombeiros. Para evitar registro de vítimas, toda a área foi interditada durante o procedimento de controle e combate às chamas; o espaço exato onde estavam estacionados os ônibus segue isolado por tempo indeterminado.
“Já no primeiro instante que nossas equipes chegaram ao local foi constatado que não havia pessoas feridas. Diante desta informação, de imediatamente iniciamos o combate às chamas. A operação durou cerca de duas horas e após o rescaldo verificou-se que no total foram queimados 19 ônibus, sendo quatro em um galpão e 15 no outro. Não houve registro de feridos”, destacou o oficial. Paralelo ao incêndio, bombeiros e policiais militares foram informados que populares, diante do fogo, entraram no espaço, tiveram acesso às chaves dos veículos próximos ao fogo e conseguiram remover para um local seguro. A empresa estima que o prejuízo gire em torno de R$ 4 milhões.
Pela Secretaria Municipal da Educação (Semed), foi comunicado que apesar do incêndio, o serviço de transporte – que contempla mais de 12 mil estudantes -, não foi prejudicado; em caráter de urgência, veículos extras foram acionados para minimizar possíveis contratempos enfrentados por crianças e adolescentes. Esta informação foi apresentada logo no início da manhã de ontem pelo secretário da Educação, Ricardo Abreu. “Nossa rede já está funcionando normalmente. Há um ou outro atraso nas linhas, porque a empresa está precisando fazer realocações. Nós lamentamos o ocorrido e nos solidarizamos com a empresa e todos os funcionários”, comunicou. O trabalho de perícia pode ser estendido por mais 30 dias caso os profissionais envolvidos avaliem necessário.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade