Quarta, 29 De Maio De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Itabaiana e Confiança multados pelo TJD-SE


Avatar

Publicado em 20 de abril de 2024
Por Jornal Do Dia Se


As equipes do Itabaiana e Confiança foram julgadas pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Sergipe (TJD/SE), na última terça-feira, por causa do arremesso de objetos por parte das duas torcidas contra jogadores em dois momentos da partida de ida das semifinais do Campeonato Sergipano.
Ambos os clubes foram condenados pelo artigo 213, parágrafo III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo.
Por unanimidade, a 1ª comissão disciplinar multou o Tremendão em R$ 1 mil e o Dragão em R$ 500.
Por parte da torcida do Itabaiana, o árbitro Fábio Augusto Santos Sá documentou o arremesso de latas, copos e garrafas de água contra jogadores do Confiança aos 16 minutos do primeiro tempo e aos seis minutos da segunda etapa.
Já por parte da torcida azulina, o árbitro documentou o arremesso de latas contra jogadores do Tremendão aos 27 minutos da etapa final.
Lagarto também multado – O Lagarto foi julgado pela 1ª comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva de Sergipe (TJD/SE) na última terça-feira por conta de objetos arremessados por torcedores contra o banco de reservas do Sergipe, em duelo de ida das semifinais do Campeonato Sergipano.
Por unanimidade, o Verdão terá de pagar R$ 700 ao ser condenado com base no artigo 213, parágrafo III do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo).
– Informo que aos 48 minutos do segundo tempo, fui informado pelo árbitro reserva, Sr. Arthur Fernandes Azevedo, que foi arremessado, uma garrafa pet com líquido dentro, pela torcida da equipe mandante, em direção ao banco de reservas da equipe visitante, sendo que esta não atingiu ninguém, contudo numa tentativa de encobrir a ação, flagramos um gandula retirando o objeto do campo de jogo – disse o árbitro Eloane Goncalves Santos na súmula.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE