Domingo, 14 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE


Integrantes de vários órgãos públicos discutiram regularização fundiária no município de Malhador


Avatar

Publicado em 22 de junho de 2012
Por Jornal Do Dia


Representantes da Prefeitura de Malhador, EMDAGRO (mpresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe), Sindicato dos Trabalhadores Rurais e do Movimento do Sem Terra, participaram da primeira rodada de discussão sobre Regularização Fundiária, programa do Governo do Federal e estadual que consiste em separar terras públicas das particulares. A reunião aconteceu no centro de Práticas Corporais na Avenida Lourival Batista SN.
Os técnicos da EMDAGO, explicaram para os participantes, como será feito o processo de regularização das terras. Segundo os técnicos, em primeiro lugar haverá um levantamento cartorial de todas as propriedades rurais no município, a fim de viabilizar a exata localização do imóvel.
Ainda de acordo com os técnicos da EMDAGRO esse processo permite corrigir problemas antigos referentes à documentação de terrenos dos agricultores familiares que não possuem escrituras, facilidade nas linhas de crédito rural, além de possibilitar assistência técnica entre outros serviços e benefícios concedidos pelo governo.
A Regularização Fundiária é um processo de baixo custo, sem a necessidade de desapropriação ou compra de propriedades rurais para assentamento de agricultores familiares sem terra. O município de Malhador possui 10.094 Hectares, com 1442 imóveis rurais e apenas 721 posses desses bens. Por conta desse fator preponderante, Malhador passará pelo processo de Regulação Fundiária para ter o mapeamento e o número exato de imóveis e agricultores familiares em solo malhadorense.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE