Os anúncios do Prêmio Nobel de 2020

Saumínio Nascimento

 

Comentarei neste breve ensaio, al
gumas informações sobre os 
anúncios do Prêmio Nobel deste ano que irão ocorrer no próximo mês. Quem quiser acompanhar informo que todos os anúncios serão transmitidos ao vivo no site nobelprize.org. Vale ressaltar que as informações adiante foram divulgadas pela Fundação Nobel através do seguinte endereço: https://www.nobelprize.org/prizes/about/prize-announcement-dates.
O calendário de divulgação será o seguinte:
FISIOLOGIA OU MEDICINA - Segunda-feira, 5 de outubro.
FÍSICA - Terça-feira, 6 de outubro.
QUÍMICA - Quarta-feira, 7 de outubro.
LITERATURA - quinta-feira, 8 de outubro.
PAZ - sexta-feira, 9 de outubro.
O PRÊMIO SVERIGES RIKSBANK EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS NA MEMÓRIA DE ALFRED NOBEL - segunda-feira, 12 de outubro.
Os horários são em geral pela manhã bem cedo, em face do fuso horário do Brasil em relação à Estocolmo (Suécia).
Os prêmios são concedidos pela Fundação Nobel, que é uma instituição privada criada em 1900, e que tem a responsabilidade de cumprir as intenções do testamento de Alfred Nobel. A principal missão da Fundação Nobel é administrar a fortuna de Alfred Nobel de uma maneira que garanta uma situação financeira segura para o Prêmio Nobel a longo prazo e que as instituições premiadas tenham independência garantida em seu trabalho de seleção de destinatários.
Em breve, o Dr. Vidar Helgesen, que foi Secretário de Estado da Noruega no Ministério das Relações Exteriores, Ministro dos Assuntos Europeus e Ministro do Clima e Meio Ambiente, se tornará o novo Diretor Executivo da Fundação Nobel no início de 2021. Ele assumirá, portanto, a tarefa de fortalecer as finanças de longo prazo e a posição do Prêmio Nobel, bem como o desenvolvimento de atividades públicas em torno do Prêmio Nobel na Suécia, Noruega e internacionalmente.
Conforme informado pela Fundação Nobel entre 1901 e 2019, os Prêmios Nobel e o Prêmio em Ciências Econômicas foram atribuídos 597 vezes a 950 pessoas e organizações.
Assim, 923 laureados e 27 organizações receberam o Prêmio Nobel entre 1901 e 2019. Destas, 84 são Laureados em Ciências Econômicas. Um pequeno número de indivíduos e organizações foi homenageado mais de uma vez, o que significa que 919 indivíduos e 24 organizações exclusivas receberam o Prêmio Nobel no total.
A Fundação Nobel tem uma data determinada para a realização da cerimônia de entrega do prêmio Nobel, sempre em 10 de dezembro, os ganhadores do prêmio Nobel recebem três coisas: um diploma Nobel, uma medalha Nobel e um documento confirmando o valor do prêmio Nobel. Cada diploma Nobel é uma obra de arte única, criada pelos principais artistas e calígrafos suecos e noruegueses. As medalhas Nobel são feitas à mão com precisão cuidadosa e em ouro reciclado de 18 quilates.
Sobre o Prêmio Nobel, irei destacar o de Economia, por ser a minha primeira e principal formação. De acordo com as informações da Fundação Nobel, em  1968, o Sveriges Riksbank (Banco Central da Suécia) estabeleceu este prêmio em memória de Alfred Nobel, fundador do Prêmio Nobel. 
O Nobel de Economia concedeu 51 prêmios em Ciências Econômicas de 1969-2019, sendo que 25 Prêmios em Ciências Econômicas foram dados a apenas um laureado, 19 Prêmios em Ciências Econômicas foram compartilhados por dois laureados e 7 prêmios em Ciências Econômicas foram divididos entre três laureados. Assim, 84 pessoas foram premiadas de 1969-2019.
Até o momento, a laureada mais jovem em Ciências Econômicas é Esther Duflo, que tinha 46 anos quando foi premiada em 2019. Ela nasceu em 25 de outubro de 1972, Paris, França e na época do prêmio trabalhava no Massachusetts Institute of Technology (MIT), Cambridge, MA, EUA. Segundo a Fundação Nobel, a motivação do prêmio foi por sua contribuição na "abordagem experimental para aliviar a pobreza global." Já o laureado mais antigo em Ciências Econômicas até hoje é Leonid Hurwicz, que tinha 90 anos quando foi premiado em 2007, infelizmente no ano seguinte em 24 de junho ele faleceu. Na época da premiação ele estava vinculado à Universidade de Minnesota, Minneapolis, MN, EUA, e a motivação para o prêmio foi : "por ter lançado as bases da teoria do projeto de mecanismo." Ele como pioneiro no campo do projeto de mecanismos formulou uma estrutura matemática geral para analisar instituições que implementam a tomada de decisão coletiva.
Vale registrar que até o momento o Brasil não teve um ganhador de Prêmio Nobel, diferentemente dos Estados Unidos onde até o momento teve 379 ganhadores do Prêmio Nobel, mas eu imagino que um dia teremos um cientista que ganhe esta grande distinção científica internacional, pois temos muitos cientistas competentes e que fazem pesquisas importantes para a humanidade.

Comentarei neste breve ensaio, al gumas informações sobre os  anúncios do Prêmio Nobel deste ano que irão ocorrer no próximo mês. Quem quiser acompanhar informo que todos os anúncios serão transmitidos ao vivo no site nobelprize.org. Vale ressaltar que as informações adiante foram divulgadas pela Fundação Nobel através do seguinte endereço: https://www.nobelprize.org/prizes/about/prize-announcement-dates.
O calendário de divulgação será o seguinte:
FISIOLOGIA OU MEDICINA - Segunda-feira, 5 de outubro.
FÍSICA - Terça-feira, 6 de outubro.
QUÍMICA - Quarta-feira, 7 de outubro.
LITERATURA - quinta-feira, 8 de outubro.
PAZ - sexta-feira, 9 de outubro.
O PRÊMIO SVERIGES RIKSBANK EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS NA MEMÓRIA DE ALFRED NOBEL - segunda-feira, 12 de outubro.
Os horários são em geral pela manhã bem cedo, em face do fuso horário do Brasil em relação à Estocolmo (Suécia).
Os prêmios são concedidos pela Fundação Nobel, que é uma instituição privada criada em 1900, e que tem a responsabilidade de cumprir as intenções do testamento de Alfred Nobel. A principal missão da Fundação Nobel é administrar a fortuna de Alfred Nobel de uma maneira que garanta uma situação financeira segura para o Prêmio Nobel a longo prazo e que as instituições premiadas tenham independência garantida em seu trabalho de seleção de destinatários.
Em breve, o Dr. Vidar Helgesen, que foi Secretário de Estado da Noruega no Ministério das Relações Exteriores, Ministro dos Assuntos Europeus e Ministro do Clima e Meio Ambiente, se tornará o novo Diretor Executivo da Fundação Nobel no início de 2021. Ele assumirá, portanto, a tarefa de fortalecer as finanças de longo prazo e a posição do Prêmio Nobel, bem como o desenvolvimento de atividades públicas em torno do Prêmio Nobel na Suécia, Noruega e internacionalmente.
Conforme informado pela Fundação Nobel entre 1901 e 2019, os Prêmios Nobel e o Prêmio em Ciências Econômicas foram atribuídos 597 vezes a 950 pessoas e organizações.
Assim, 923 laureados e 27 organizações receberam o Prêmio Nobel entre 1901 e 2019. Destas, 84 são Laureados em Ciências Econômicas. Um pequeno número de indivíduos e organizações foi homenageado mais de uma vez, o que significa que 919 indivíduos e 24 organizações exclusivas receberam o Prêmio Nobel no total.
A Fundação Nobel tem uma data determinada para a realização da cerimônia de entrega do prêmio Nobel, sempre em 10 de dezembro, os ganhadores do prêmio Nobel recebem três coisas: um diploma Nobel, uma medalha Nobel e um documento confirmando o valor do prêmio Nobel. Cada diploma Nobel é uma obra de arte única, criada pelos principais artistas e calígrafos suecos e noruegueses. As medalhas Nobel são feitas à mão com precisão cuidadosa e em ouro reciclado de 18 quilates.
Sobre o Prêmio Nobel, irei destacar o de Economia, por ser a minha primeira e principal formação. De acordo com as informações da Fundação Nobel, em  1968, o Sveriges Riksbank (Banco Central da Suécia) estabeleceu este prêmio em memória de Alfred Nobel, fundador do Prêmio Nobel. 
O Nobel de Economia concedeu 51 prêmios em Ciências Econômicas de 1969-2019, sendo que 25 Prêmios em Ciências Econômicas foram dados a apenas um laureado, 19 Prêmios em Ciências Econômicas foram compartilhados por dois laureados e 7 prêmios em Ciências Econômicas foram divididos entre três laureados. Assim, 84 pessoas foram premiadas de 1969-2019.
Até o momento, a laureada mais jovem em Ciências Econômicas é Esther Duflo, que tinha 46 anos quando foi premiada em 2019. Ela nasceu em 25 de outubro de 1972, Paris, França e na época do prêmio trabalhava no Massachusetts Institute of Technology (MIT), Cambridge, MA, EUA. Segundo a Fundação Nobel, a motivação do prêmio foi por sua contribuição na "abordagem experimental para aliviar a pobreza global." Já o laureado mais antigo em Ciências Econômicas até hoje é Leonid Hurwicz, que tinha 90 anos quando foi premiado em 2007, infelizmente no ano seguinte em 24 de junho ele faleceu. Na época da premiação ele estava vinculado à Universidade de Minnesota, Minneapolis, MN, EUA, e a motivação para o prêmio foi : "por ter lançado as bases da teoria do projeto de mecanismo." Ele como pioneiro no campo do projeto de mecanismos formulou uma estrutura matemática geral para analisar instituições que implementam a tomada de decisão coletiva.
Vale registrar que até o momento o Brasil não teve um ganhador de Prêmio Nobel, diferentemente dos Estados Unidos onde até o momento teve 379 ganhadores do Prêmio Nobel, mas eu imagino que um dia teremos um cientista que ganhe esta grande distinção científica internacional, pois temos muitos cientistas competentes e que fazem pesquisas importantes para a humanidade.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS