Itabaiana: homem é preso porameaçar esposa e estuprar as filhas

Cidades

 

Itabaiana: homem é preso por
ameaçar esposa e estuprar as filhas
Uma equipe de policiais da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) em Itabaiana (Agreste) prenderam em flagrante, no fim da tarde de anteontem, um homem acusado pelo crime de ameaça contra a sua companheira. Segundo as informações da Polícia Civil, as ameaças ocorreram após a descoberta de que o companheiro estava abusando sexualmente das duas filhas adolescentes da vítima, e por ela ter terminado o relacionamento.O suspeito, então, teria afirmado que, se a vítima fosse embora, "mataria toda a família e depois se mataria".
Após a denúncia da vítima, os agentes da DAGV, com o apoio de policiais da Delegacia Regional de Itabaiana, localizaram o suspeito e o prenderam em flagrante.Ele confessou os delitos e foi indiciado pelos crimes de estupro de vulnerável, violência doméstica e ameaça. O procedimento foi remetido ao Poder Judiciário junto à representação pela prisão preventiva do indiciado. Ele foi submetido à audiência de custódia, mas o resultado dela não foi divulgado, porque o processo está em segredo de justiça.

Uma equipe de policiais da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) em Itabaiana (Agreste) prenderam em flagrante, no fim da tarde de anteontem, um homem acusado pelo crime de ameaça contra a sua companheira. Segundo as informações da Polícia Civil, as ameaças ocorreram após a descoberta de que o companheiro estava abusando sexualmente das duas filhas adolescentes da vítima, e por ela ter terminado o relacionamento.O suspeito, então, teria afirmado que, se a vítima fosse embora, "mataria toda a família e depois se mataria".
Após a denúncia da vítima, os agentes da DAGV, com o apoio de policiais da Delegacia Regional de Itabaiana, localizaram o suspeito e o prenderam em flagrante.Ele confessou os delitos e foi indiciado pelos crimes de estupro de vulnerável, violência doméstica e ameaça. O procedimento foi remetido ao Poder Judiciário junto à representação pela prisão preventiva do indiciado. Ele foi submetido à audiência de custódia, mas o resultado dela não foi divulgado, porque o processo está em segredo de justiça.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS