Prefeitura de São Cristóvão é uma das mais efetivas de Sergipe, aponta TCE

Cidades

 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) divulgou na última quinta-feira (18), o resultado do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM-2020), que tem como base dados coletados junto às prefeituras sergipanas, relativos ao ano de 2019. Neste sentido, a Prefeitura de São Cristóvão recebeu nota "B" do TCE, ficando assim entre as três gestões municipais que foram mais efetivas no ano de 2019. Além de São Cristóvão, Barra dos Coqueiros e Aracaju também foram avaliadas com nota B.
Segundo o TCE, a Prefeitura de São Cristóvão também foi uma das quatro prefeituras sergipanas que ascenderam quando comparado ao Índice publicado no ano anterior (IEGM-2019).
O prefeito Marcos Santana avalia a ascensão do município no índice como algo positivo, mas deseja um crescimento ainda maior. "Tenho cobrado superação de todos os nossos colaboradores, e nesse caso não é diferente. Nós estamos felizes com a evolução, mas não satisfeitos, nosso objetivo é atingir a nota máxima que é a nota A", aponta o prefeito.
A avaliação segue uma metodologia de cinco faixas de resultados. A nota A classifica as políticas públicas aplicadas em determinada esfera como altamente efetiva; nota B+, como muito efetiva; B, como efetiva; C+, como em fase de adequação e C, com baixo nível de adequação.
Para chegar ao resultado, o TCE analisa as áreas de Saúde, Educação, Governança e Tecnologia da Informação, Planejamento, Fiscal, Ambiente e Cidade de cada município. "O TCE, em parceria com o Instituto Rui Barbosa (IRB), encaminha os questionários sobre várias áreas da gestão municipal, nós respondemos e essas respostas são certificadas pelo controle interno. Esse índice é tido como algo muito relevante, tanto pelo prefeito, que nos cobra neste aspecto, como é considerado relevante pelos tribunais de contas dos estados, em especial pelo nosso", detalha o Controlador Geral do Município, Suênio Walttemberg.
O índice que existe desde 2015 tem como objetivo apresentar, de forma transparente, a qualidade das políticas públicas municipais, por meio da avaliação de resultados dos programas e serviços prestados à população, visando o aperfeiçoamento das ações dos governos municipais.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) divulgou na última quinta-feira (18), o resultado do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM-2020), que tem como base dados coletados junto às prefeituras sergipanas, relativos ao ano de 2019. Neste sentido, a Prefeitura de São Cristóvão recebeu nota "B" do TCE, ficando assim entre as três gestões municipais que foram mais efetivas no ano de 2019. Além de São Cristóvão, Barra dos Coqueiros e Aracaju também foram avaliadas com nota B.
Segundo o TCE, a Prefeitura de São Cristóvão também foi uma das quatro prefeituras sergipanas que ascenderam quando comparado ao Índice publicado no ano anterior (IEGM-2019).
O prefeito Marcos Santana avalia a ascensão do município no índice como algo positivo, mas deseja um crescimento ainda maior. "Tenho cobrado superação de todos os nossos colaboradores, e nesse caso não é diferente. Nós estamos felizes com a evolução, mas não satisfeitos, nosso objetivo é atingir a nota máxima que é a nota A", aponta o prefeito.
A avaliação segue uma metodologia de cinco faixas de resultados. A nota A classifica as políticas públicas aplicadas em determinada esfera como altamente efetiva; nota B+, como muito efetiva; B, como efetiva; C+, como em fase de adequação e C, com baixo nível de adequação.
Para chegar ao resultado, o TCE analisa as áreas de Saúde, Educação, Governança e Tecnologia da Informação, Planejamento, Fiscal, Ambiente e Cidade de cada município. "O TCE, em parceria com o Instituto Rui Barbosa (IRB), encaminha os questionários sobre várias áreas da gestão municipal, nós respondemos e essas respostas são certificadas pelo controle interno. Esse índice é tido como algo muito relevante, tanto pelo prefeito, que nos cobra neste aspecto, como é considerado relevante pelos tribunais de contas dos estados, em especial pelo nosso", detalha o Controlador Geral do Município, Suênio Walttemberg.
O índice que existe desde 2015 tem como objetivo apresentar, de forma transparente, a qualidade das políticas públicas municipais, por meio da avaliação de resultados dos programas e serviços prestados à população, visando o aperfeiçoamento das ações dos governos municipais.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS