Sergipe e Confiança brigam pela vitória

Esporte


  • Washington, o Coração Valente, foi levar uma palavra de incentivo aos atletas rubros

 

As equipes do Sergi
pe e Confiança se 
enfrentam nesta quarta-feira (14), na Arena Batistão. A partida acontece às 17h50 e as duas equipes brigam pela vitória com objetivos parecidos. O Sergipe quer vencer para se manter na vice-liderança do grupo, que tem o Itabaiana com 18 pontos como líder. O time rubro soma nove pontos, mas tem o Boca Junior com cinco pontos no seu calcanhar. O Sergipe não pode dar mole esta noite contra o rival tradicional.
No Confiança a situação é mais complicada. O time vem de duas eliminações na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste e luta para se classificar no certame estadual para evitar um desastre. Hoje o time está com nove pontos, fora da zona de classificação, mas tem quatro jogos a menos que o Lagarto, o líder com 19 pontos e três a menos que o Boca Junior o vice líder com cinco pontos. Mais do que nunca o Dragão precisa da vitória.
O jogo é um clássico e como tal não apresenta favorito, mas pelos valores individuais e pela campanha realizada no Brasileiro da Série B, o time proletário leva um pouco de favoritismo, mas os rubros encaram a partida de igual para igual.
O Sergipe encerrou os trabalhos com um treino na tarde da segunda-feira no campo da APCEF. Destaque para a presença de ex-atacante Washington Coração Valente. O artilheiro foi levar uma palavra de incentivo aos atletas rubros na véspera de uma grande partida. "Recebi o convite aqui estou com a maior honra. A gente quer passar para os jogadores, que as dificuldades são grandes, mas com força de vontade de vencer consegue superar" - disse o ex-jogador.
O Sergipe tenta quebrar um tabu. Venceuapenas um dos últimos 10 jogos contra o Confiança. O último triunfo foi há mais de três anos. Paulo Foiani faz parte dessa estatística. Sob o comando do treinador, foram dois empates e uma derrota contra o maior rival.
- Desde quando cheguei existe esse tabu. Aprendi uma coisa na minha vida que tabu existe para ser quebrado. A gente está trabalhando muito para se apresentar bem, conseguir vencer o Confiança para poder dar mais coragem para nossa equipe porque esse grupo vem trabalhando muito forte dentro de todas as dificuldades - disse.
O treinador falou que quer os jogadores entrem na partida se entregando ao máximo e se superando ainda mais.
- O Sergipe vem se superando desde o início da pré-temporada. Em momento nenhum estamos expondo e sim encarando e enfrentando essa realidade. Jogar bem ou mal faz parte, mas o que eu cobro é que a equipe se entregue ao máximo. O espírito dentro do clássico tem que ser alto - finalizou.
Pelo lado do Dragão os trabalhos foram encerrados na manhã desta terça-feira com um treino no campo do Petroclube. Na oportunidade, Daniel Paulista passou as últimas orientações e exigiu muito do elenco.
A saída para o Confiança recuperar o prestígio é uma vitória no Clássico Maior contra o Sergipe, nesta quarta-feira, em partida atrasada do Campeonato Sergipano.
- Clássico por si só é um jogo de motivação alta, de rivalidade entre duas equipes tradicionais. Vamos trabalhar para procurar vencer. Precisamos vencer para crescer na competição, apesar de termos muitos jogos a menos que os adversários. Não tenho dúvida que o Confiança vai crescer no estadual. Foco agora somente nessa competição. Esse título é importante para o clube de carimbar os campeonato para a próxima temporada - finalizou.

As equipes do Sergi pe e Confiança se  enfrentam nesta quarta-feira (14), na Arena Batistão. A partida acontece às 17h50 e as duas equipes brigam pela vitória com objetivos parecidos. O Sergipe quer vencer para se manter na vice-liderança do grupo, que tem o Itabaiana com 18 pontos como líder. O time rubro soma nove pontos, mas tem o Boca Junior com cinco pontos no seu calcanhar. O Sergipe não pode dar mole esta noite contra o rival tradicional.
No Confiança a situação é mais complicada. O time vem de duas eliminações na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste e luta para se classificar no certame estadual para evitar um desastre. Hoje o time está com nove pontos, fora da zona de classificação, mas tem quatro jogos a menos que o Lagarto, o líder com 19 pontos e três a menos que o Boca Junior o vice líder com cinco pontos. Mais do que nunca o Dragão precisa da vitória.
O jogo é um clássico e como tal não apresenta favorito, mas pelos valores individuais e pela campanha realizada no Brasileiro da Série B, o time proletário leva um pouco de favoritismo, mas os rubros encaram a partida de igual para igual.
O Sergipe encerrou os trabalhos com um treino na tarde da segunda-feira no campo da APCEF. Destaque para a presença de ex-atacante Washington Coração Valente. O artilheiro foi levar uma palavra de incentivo aos atletas rubros na véspera de uma grande partida. "Recebi o convite aqui estou com a maior honra. A gente quer passar para os jogadores, que as dificuldades são grandes, mas com força de vontade de vencer consegue superar" - disse o ex-jogador.
O Sergipe tenta quebrar um tabu. Venceuapenas um dos últimos 10 jogos contra o Confiança. O último triunfo foi há mais de três anos. Paulo Foiani faz parte dessa estatística. Sob o comando do treinador, foram dois empates e uma derrota contra o maior rival.
- Desde quando cheguei existe esse tabu. Aprendi uma coisa na minha vida que tabu existe para ser quebrado. A gente está trabalhando muito para se apresentar bem, conseguir vencer o Confiança para poder dar mais coragem para nossa equipe porque esse grupo vem trabalhando muito forte dentro de todas as dificuldades - disse.
O treinador falou que quer os jogadores entrem na partida se entregando ao máximo e se superando ainda mais.
- O Sergipe vem se superando desde o início da pré-temporada. Em momento nenhum estamos expondo e sim encarando e enfrentando essa realidade. Jogar bem ou mal faz parte, mas o que eu cobro é que a equipe se entregue ao máximo. O espírito dentro do clássico tem que ser alto - finalizou.
Pelo lado do Dragão os trabalhos foram encerrados na manhã desta terça-feira com um treino no campo do Petroclube. Na oportunidade, Daniel Paulista passou as últimas orientações e exigiu muito do elenco.
A saída para o Confiança recuperar o prestígio é uma vitória no Clássico Maior contra o Sergipe, nesta quarta-feira, em partida atrasada do Campeonato Sergipano.
- Clássico por si só é um jogo de motivação alta, de rivalidade entre duas equipes tradicionais. Vamos trabalhar para procurar vencer. Precisamos vencer para crescer na competição, apesar de termos muitos jogos a menos que os adversários. Não tenho dúvida que o Confiança vai crescer no estadual. Foco agora somente nessa competição. Esse título é importante para o clube de carimbar os campeonato para a próxima temporada - finalizou.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS