Casal é preso com R$ 18 mil em notas falsas no sul do estado

Geral


  • O casal aplicava golpes no comércio de Indiaroba, com cédulas falsas de R$ 200

 

No final da tarde desta quinta-feira , a Polícia Civil de Umbaúba, com a equipe da Superintendência da Polícia Civil e policiais militares da 3ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar (3ª Cia / 6º BPM) prenderam um casal da Bahia com a quantia de R$600 em células de R$200,00, aplicando golpes a comerciantes no município de Indiaroba, sul do estado.
De acordo com o delegado Gustavo Mendes, na sede da Delegacia de Umbaúba, os investigadores observaram que um dos envolvidos possuía mandado de prisão pelos crimes de furto qualificado e estelionato.
Diante de alguns levantamentos, policiais civis seguiram para Indiaroba a fim de localizar o veículo Fiat Argo que o casal conduzia. "Localizado, foi feita a busca veicular e foi encontrada a quantia aproximada de R$18 mil em cédulas de R$200 falsas", explicou o delegado Daniel Matos, que também acompanhou as investigações.
A segunda pessoa investigada já responde pelo crime de apropriação indébita e confessou em sede policial que comprou as cédulas falsas por um anúncio no Facebook, sendo prática reiterada. O casal foi preso em flagrante delito e todas as providências de praxe foram tomadas. A Polícia Civil também destaca que informações e denúncias podem ser repassadas de forma sigilosa através do Disque-Denúncia, no telefone 181.

No final da tarde desta quinta-feira , a Polícia Civil de Umbaúba, com a equipe da Superintendência da Polícia Civil e policiais militares da 3ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar (3ª Cia / 6º BPM) prenderam um casal da Bahia com a quantia de R$600 em células de R$200,00, aplicando golpes a comerciantes no município de Indiaroba, sul do estado.
De acordo com o delegado Gustavo Mendes, na sede da Delegacia de Umbaúba, os investigadores observaram que um dos envolvidos possuía mandado de prisão pelos crimes de furto qualificado e estelionato.
Diante de alguns levantamentos, policiais civis seguiram para Indiaroba a fim de localizar o veículo Fiat Argo que o casal conduzia. "Localizado, foi feita a busca veicular e foi encontrada a quantia aproximada de R$18 mil em cédulas de R$200 falsas", explicou o delegado Daniel Matos, que também acompanhou as investigações.
A segunda pessoa investigada já responde pelo crime de apropriação indébita e confessou em sede policial que comprou as cédulas falsas por um anúncio no Facebook, sendo prática reiterada. O casal foi preso em flagrante delito e todas as providências de praxe foram tomadas. A Polícia Civil também destaca que informações e denúncias podem ser repassadas de forma sigilosa através do Disque-Denúncia, no telefone 181.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS