Cinco acusados são mortos em ação policial

Geral


  • Armas e objetos apreendidos com os ex-presidiários

 

Uma operação do Bata
lhão de Radiopatrulha 
da Polícia Militar na Ponta da Asa, zona norte de Aracaju na sexta-feira (30), identificou cinco suspeitos com passagens pelo sistema prisional e envolvidos com uma série de crimes praticados na região nos últimos dias. No levantamento feito, foi descoberto que os cinco faziam parte de uma organização criminosa com violenta atuação em bairros de Aracaju. 
As informações davam conta de que Wellington de Jesus, 29 anos, conhecido como Peloco (preso por roubo qualificado e porte ilegal de arma de fogo); Tássio Dias dos Santos, 29 (preso por tráfico de drogas); Alef Davi Oliveira Silva, 34 anos (preso por tráfico de drogas) e outros dois ex-presidiários estavam reunidos a fim de tramar uma reação contra um grupo rival. Possivelmente aconteceriam outras mortes e a prática de crimes contra a população local. 
Diante das informações, os militares foram averiguar a situação e, ao chegar no local, avistaram os cinco homens portando ostensivamente armas de fogo. Quando avistaram as equipes policiais foram em direção a um veículo Logan Preto. Ao perceber a aproximação da guarnição ostensiva, efetuaram disparos contra os policiais e fugiram para um manguezal. 
Foi feito o acompanhamento tático e após uma intensa troca de tiros, os agressores foram atingidos e socorridos ao Hospial governador João Alves Filho. Após atendimento médico, os cinco não resistiram e morreram. 
 Todo material encontrado, armamento e equipamentos, foram conduzidos ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para serem tomadas as medidas cabíveis. A Polícia Civil confirmou que todos eram alvos de investigações pela prática de vários crimes em bairros da zona norte de Aracaju.

Uma operação do Bata lhão de Radiopatrulha  da Polícia Militar na Ponta da Asa, zona norte de Aracaju na sexta-feira (30), identificou cinco suspeitos com passagens pelo sistema prisional e envolvidos com uma série de crimes praticados na região nos últimos dias. No levantamento feito, foi descoberto que os cinco faziam parte de uma organização criminosa com violenta atuação em bairros de Aracaju. 
As informações davam conta de que Wellington de Jesus, 29 anos, conhecido como Peloco (preso por roubo qualificado e porte ilegal de arma de fogo); Tássio Dias dos Santos, 29 (preso por tráfico de drogas); Alef Davi Oliveira Silva, 34 anos (preso por tráfico de drogas) e outros dois ex-presidiários estavam reunidos a fim de tramar uma reação contra um grupo rival. Possivelmente aconteceriam outras mortes e a prática de crimes contra a população local. 
Diante das informações, os militares foram averiguar a situação e, ao chegar no local, avistaram os cinco homens portando ostensivamente armas de fogo. Quando avistaram as equipes policiais foram em direção a um veículo Logan Preto. Ao perceber a aproximação da guarnição ostensiva, efetuaram disparos contra os policiais e fugiram para um manguezal. 
Foi feito o acompanhamento tático e após uma intensa troca de tiros, os agressores foram atingidos e socorridos ao Hospial governador João Alves Filho. Após atendimento médico, os cinco não resistiram e morreram. 
 Todo material encontrado, armamento e equipamentos, foram conduzidos ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para serem tomadas as medidas cabíveis. A Polícia Civil confirmou que todos eram alvos de investigações pela prática de vários crimes em bairros da zona norte de Aracaju.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS