'Os Ímpares' reúne Emicida,Pretinho da Serrinha, Teresa Cristina, Criolo, entre outros artistas

Variedades


 

'Os Ímpares' reúne Emicida,
Pretinho da Serrinha, Teresa Cristina, Criolo, entre outros artistas
A série "Os Ímpares", que relembra canções de álbuns raros de artistas de diferentes gêneros da música brasileira, está de volta à programação do Curta! durantes os meses de maio, junho e no início de julho de 2021. Ao longo de 10 episódios, discos de alguns dos principais cantores das décadas de 1960 e 1970, que foram desencorajados pela indústria fonográfica da época, ganham releituras inéditas e exclusivas por grandes nomes contemporâneos da cena musical.
Criolo, a banda Nação Zumbi, BNegão e Teresa Cristina são alguns dos que reinterpretam artistas como Jards Macalé, Marku Ribas, Walter Franco e Ronnie Von. A cada programa, o processo de criação e o resultado dos encontros musicais realizados no estúdio Maravilha 8, no Rio de Janeiro. No primeiro episódio, Emicida e Pretinho da Serrinha endossam, cada um em seu estilo, os ingredientes da identidade brasileira das músicas "Kilariô" e "A vida em seus métodos diz calma", respectivamente, do primeiro disco do cantor e compositor Di Melo, gravado em 1975.

A série "Os Ímpares", que relembra canções de álbuns raros de artistas de diferentes gêneros da música brasileira, está de volta à programação do Curta! durantes os meses de maio, junho e no início de julho de 2021. Ao longo de 10 episódios, discos de alguns dos principais cantores das décadas de 1960 e 1970, que foram desencorajados pela indústria fonográfica da época, ganham releituras inéditas e exclusivas por grandes nomes contemporâneos da cena musical.
Criolo, a banda Nação Zumbi, BNegão e Teresa Cristina são alguns dos que reinterpretam artistas como Jards Macalé, Marku Ribas, Walter Franco e Ronnie Von. A cada programa, o processo de criação e o resultado dos encontros musicais realizados no estúdio Maravilha 8, no Rio de Janeiro. No primeiro episódio, Emicida e Pretinho da Serrinha endossam, cada um em seu estilo, os ingredientes da identidade brasileira das músicas "Kilariô" e "A vida em seus métodos diz calma", respectivamente, do primeiro disco do cantor e compositor Di Melo, gravado em 1975.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS