Suspeitos de agredir e esfaquear homem são presos em Monte Alegre

Cidades

 

Suspeitos de agredir e esfaquear homem são presos em Monte Alegre
Policiais civis da Delegacia de Monte Alegre deram cumprimento, nessa quinta-feira, aos mandados de prisão contra José Cristiano Cerqueira e Geilson Mota de Oliveira, o "Pajé", pelo crime de tentativa de homicídio contra Tiago da Silva, fato ocorrido em 2020. O primeiro foi detido na Zona Rural de Itaporanga D'Ajuda, enquanto que o segundo foi preso na área urbana do município de Monte Alegre, sertão do Estado. 
De acordo com os delegados Eurico Nascimento e Murilo Gouveia, os suspeitos são investigados pelo crime que ocorreu em fevereiro do ano passado. "Os acusados faziam uso de bebida alcoólica, na companhia da vítima, momento em que houve um desentendimento entre eles. A partir daí,munidos com facas e pedaços de madeira, Cristiano e Pajé atingiram Tiago, resultando em lesões graves na vítima que foi encaminhada rapidamente ao hospital para atendimento médico", explicou Eurico Nascimento.
Após tomar conhecimento do fato através de registro de ocorrência, o delegado Eurico Nascimento presidiu as investigações e concluiu o inquérito policial representando pela prisão dos suspeitos junto ao Judiciário, que expediu os mandados cumpridos na tarde de quinta.Os detidos passaram pela Delegacia de Regional de Nossa Senhora da Glória e foram transferidos para o sistema prisional do Estado, onde permaneceram à disposição da Justiça.

Policiais civis da Delegacia de Monte Alegre deram cumprimento, nessa quinta-feira, aos mandados de prisão contra José Cristiano Cerqueira e Geilson Mota de Oliveira, o "Pajé", pelo crime de tentativa de homicídio contra Tiago da Silva, fato ocorrido em 2020. O primeiro foi detido na Zona Rural de Itaporanga D'Ajuda, enquanto que o segundo foi preso na área urbana do município de Monte Alegre, sertão do Estado. 
De acordo com os delegados Eurico Nascimento e Murilo Gouveia, os suspeitos são investigados pelo crime que ocorreu em fevereiro do ano passado. "Os acusados faziam uso de bebida alcoólica, na companhia da vítima, momento em que houve um desentendimento entre eles. A partir daí,munidos com facas e pedaços de madeira, Cristiano e Pajé atingiram Tiago, resultando em lesões graves na vítima que foi encaminhada rapidamente ao hospital para atendimento médico", explicou Eurico Nascimento.
Após tomar conhecimento do fato através de registro de ocorrência, o delegado Eurico Nascimento presidiu as investigações e concluiu o inquérito policial representando pela prisão dos suspeitos junto ao Judiciário, que expediu os mandados cumpridos na tarde de quinta.Os detidos passaram pela Delegacia de Regional de Nossa Senhora da Glória e foram transferidos para o sistema prisional do Estado, onde permaneceram à disposição da Justiça.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS