Vendas do comércio sergipano aumentaram 8,1%, em abril

Cidades

 

Análise realizada pelo 
Boletim Sergipe Econô
mico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, apontou que as vendas do comércio varejista ampliado sergipano, em abril deste ano, assinalaram aumento de 8,1%, em relação ao mês imediatamente anterior (março/2021), na série com ajuste sazonal (método que uniformiza os períodos de comparação). No comparativo com abril do ano passado, observou-se aumento de 52,5%. 
As vendas e a receita nominal do comércio varejista ampliado abrangem as atividades do varejo restrito, as vendas de material de construção e o comércio de veículos, motos, partes e peças.  
Em relação à receita nominal do comércio ampliado, verificou-se crescimento de 5,9%, na comparação com o mês antecedente, março último, na série ajustada. Já na comparação com abril de 2020, registrou-se alta de 61,7%. 
As vendas do comércio restrito registraram decrescimento de 0,8% na comparação com o mês anterior, março último, na série com ajuste sazonal. Já a receita nominal do comércio varejista restrito registrou estabilidade na mesma comparação.  
Veículos - Já as vendas de veículos novos no estado, no quinto mês do ano, totalizaram 1.176 unidades. O número de veículos diz respeito à soma das vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus licenciados, pela primeira vez, no período em análise, de acordo com a nota fiscal da compra. 
Em termos relativos, verificou-se crescimento de 129,7% nas vendas em relação a maio de 2020. Já na comparação com o mês imediatamente anterior, abril último, verificou-se redução de 5%. 
As vendas de automóveis e comerciais leves totalizaram 1.089 unidades, apresentando decréscimo de 5,6%, em relação às vendas do último mês de abril. No comparativo com maio do ano passado, observou-se aumento de 128,8% das vendas desse segmento. 
As vendas e o licenciamento de ciclomotores, motocicletas e motonetas, a partir de 50 cilindradas, de acordo com a Lei 13.154/2015, somaram 1.503 unidades, no mês analisado, com aumento de 102,6% na comparação com maio do ano passado. Na comparação com abril último, observou-se crescimento de 24,9%. 

Análise realizada pelo  Boletim Sergipe Econô mico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, apontou que as vendas do comércio varejista ampliado sergipano, em abril deste ano, assinalaram aumento de 8,1%, em relação ao mês imediatamente anterior (março/2021), na série com ajuste sazonal (método que uniformiza os períodos de comparação). No comparativo com abril do ano passado, observou-se aumento de 52,5%. 
As vendas e a receita nominal do comércio varejista ampliado abrangem as atividades do varejo restrito, as vendas de material de construção e o comércio de veículos, motos, partes e peças.  
Em relação à receita nominal do comércio ampliado, verificou-se crescimento de 5,9%, na comparação com o mês antecedente, março último, na série ajustada. Já na comparação com abril de 2020, registrou-se alta de 61,7%. 
As vendas do comércio restrito registraram decrescimento de 0,8% na comparação com o mês anterior, março último, na série com ajuste sazonal. Já a receita nominal do comércio varejista restrito registrou estabilidade na mesma comparação.  

Veículos - Já as vendas de veículos novos no estado, no quinto mês do ano, totalizaram 1.176 unidades. O número de veículos diz respeito à soma das vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus licenciados, pela primeira vez, no período em análise, de acordo com a nota fiscal da compra. 
Em termos relativos, verificou-se crescimento de 129,7% nas vendas em relação a maio de 2020. Já na comparação com o mês imediatamente anterior, abril último, verificou-se redução de 5%. 
As vendas de automóveis e comerciais leves totalizaram 1.089 unidades, apresentando decréscimo de 5,6%, em relação às vendas do último mês de abril. No comparativo com maio do ano passado, observou-se aumento de 128,8% das vendas desse segmento. 
As vendas e o licenciamento de ciclomotores, motocicletas e motonetas, a partir de 50 cilindradas, de acordo com a Lei 13.154/2015, somaram 1.503 unidades, no mês analisado, com aumento de 102,6% na comparação com maio do ano passado. Na comparação com abril último, observou-se crescimento de 24,9%. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS