Suspeitos por dois assassinatos ocorridos no Santa Maria são presos

Cidades

 

Dois mandados de prisão foram cumpridos ontem pela Polícia Civil contra suspeitos de dois crimes de homicídio ocorridos em 2020, no bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju. 
No primeiro caso, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio do Grupo Especial de Combate a Roubos e Furtos (Gecrof), deteve o suspeito de ser coautor do homicídio de Júlio Gabriel Silva Santos, 19 anos. O acusado estava no bairro Farolandia e estava com ummandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela 5ª Vara Criminal da Comarca de Aracaju.
O crime, um homicídio por arma de fogo, ocorreu na noite de 12 de fevereiro de 2020, em via pública, na Travessa Nossa Senhora Aparecida, bairro Santa Maria. Segundo apurações, o crime foi motivado por vingança, pois os autores suspeitavam que o alvo estava envolvido no assassinato de um comparsa. De acordo com levantamentos, o homem preso hoje possui uma prisão anterior, por porte ilegal de arma de fogo.
Em outra diligência, o DHPP cumpriu um mandado de prisão preventiva de um investigado de 25 anos, apontado como autor do homicídio por arma de fogo contra Juraci Santos, 56. O crime ocorreu na tarde do dia 4 de dezembro de 2020. O corpo foi encontrado no veículo da própria vítima, na avenida Contorno, no bairro Santa Maria.Segundo as investigações, foi apurado que a vítima trabalhava com conserto de eletrodomésticos e foi cobrar do suspeito por um serviço prestado, quando por motivo fútil foi morto, sem chances de defesa.
No curso das investigações, o investigado foi autuado em flagrante de porte ilegal de arma de fogo e o exame de microcomparação balística confirmou que um dos dos projéteis extraídos concordo da vítima foi propelido pelo cano do revólver apreendido em poder do réu.A polícia sustenta que prova pericial converge com os depoimentos reunidos no inquérito policial, no que se refere à autoria delitiva. O suspeito já foi indiciado na prática de graves crimes como roubo majorado e porte ilegal de arma e se encontra custodiado na Cadeia Pública de Areia Branca.

Dois mandados de prisão foram cumpridos ontem pela Polícia Civil contra suspeitos de dois crimes de homicídio ocorridos em 2020, no bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju. 
No primeiro caso, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio do Grupo Especial de Combate a Roubos e Furtos (Gecrof), deteve o suspeito de ser coautor do homicídio de Júlio Gabriel Silva Santos, 19 anos. O acusado estava no bairro Farolandia e estava com ummandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela 5ª Vara Criminal da Comarca de Aracaju.
O crime, um homicídio por arma de fogo, ocorreu na noite de 12 de fevereiro de 2020, em via pública, na Travessa Nossa Senhora Aparecida, bairro Santa Maria. Segundo apurações, o crime foi motivado por vingança, pois os autores suspeitavam que o alvo estava envolvido no assassinato de um comparsa. De acordo com levantamentos, o homem preso hoje possui uma prisão anterior, por porte ilegal de arma de fogo.
Em outra diligência, o DHPP cumpriu um mandado de prisão preventiva de um investigado de 25 anos, apontado como autor do homicídio por arma de fogo contra Juraci Santos, 56. O crime ocorreu na tarde do dia 4 de dezembro de 2020. O corpo foi encontrado no veículo da própria vítima, na avenida Contorno, no bairro Santa Maria.Segundo as investigações, foi apurado que a vítima trabalhava com conserto de eletrodomésticos e foi cobrar do suspeito por um serviço prestado, quando por motivo fútil foi morto, sem chances de defesa.
No curso das investigações, o investigado foi autuado em flagrante de porte ilegal de arma de fogo e o exame de microcomparação balística confirmou que um dos dos projéteis extraídos concordo da vítima foi propelido pelo cano do revólver apreendido em poder do réu.A polícia sustenta que prova pericial converge com os depoimentos reunidos no inquérito policial, no que se refere à autoria delitiva. O suspeito já foi indiciado na prática de graves crimes como roubo majorado e porte ilegal de arma e se encontra custodiado na Cadeia Pública de Areia Branca.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS