Suspeito de envolvimento em assalto ao BB é morto em tiroteio

Cidades

 

Um suspeito de envolvimento com o assalto à agência do Banco do Brasil em Pacatuba (Baixo São Francisco), em 3 de março deste ano, foi morto nesta segunda-feira, após uma diligência feita por agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e soldados da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac). Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ele foi identificado como Valdo Pinheiro de Souza Silva, 47 anos, conhecido como 'Coroa' ou 'Bia', e estava acompanhado por um segundo suspeito, cuja identidade não foi confirmada. 
A ocorrência se deu na noite desta segunda-feira em Poço Redondo (Sertão), na rodovia SE-206 (Rota do Sertão). O delegado Dernival Elói Tenório, diretor do Cope, informou que os dois suspeitos estavam armados e começaram a atirar durante a chegada dos policiais, que reagiram. No confronto, 'Coroa' e o segundo homem foram baleados e morreram a caminho do hospital do município. 
Ainda de acordo com a Polícia Civil, outras oito pessoas suspeitas de envolvimento com o assalto em Pacatuba foram identificadas. Destas, sete foram presas e o oitavo, Antônio Jesus dos Santos, o "Coroa", 51, também foi morto em confronto com os policiais. Um dos últimos a serem detidos foi Adriano Santos Souza, 37, apontado como o responsável por explodir os caixas eletrônicos, que foi encontrado na semana passada em Salvador (BA), após uma operação conjunta com a polícia baiana. O assalto ao BB de Pacatuba foi o único crime desse tipo registrado em Sergipe neste ano. 

Um suspeito de envolvimento com o assalto à agência do Banco do Brasil em Pacatuba (Baixo São Francisco), em 3 de março deste ano, foi morto nesta segunda-feira, após uma diligência feita por agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e soldados da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac). Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ele foi identificado como Valdo Pinheiro de Souza Silva, 47 anos, conhecido como 'Coroa' ou 'Bia', e estava acompanhado por um segundo suspeito, cuja identidade não foi confirmada. 
A ocorrência se deu na noite desta segunda-feira em Poço Redondo (Sertão), na rodovia SE-206 (Rota do Sertão). O delegado Dernival Elói Tenório, diretor do Cope, informou que os dois suspeitos estavam armados e começaram a atirar durante a chegada dos policiais, que reagiram. No confronto, 'Coroa' e o segundo homem foram baleados e morreram a caminho do hospital do município. 
Ainda de acordo com a Polícia Civil, outras oito pessoas suspeitas de envolvimento com o assalto em Pacatuba foram identificadas. Destas, sete foram presas e o oitavo, Antônio Jesus dos Santos, o "Coroa", 51, também foi morto em confronto com os policiais. Um dos últimos a serem detidos foi Adriano Santos Souza, 37, apontado como o responsável por explodir os caixas eletrônicos, que foi encontrado na semana passada em Salvador (BA), após uma operação conjunta com a polícia baiana. O assalto ao BB de Pacatuba foi o único crime desse tipo registrado em Sergipe neste ano. 

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS