CRESS-SE emite Notade Repúdio aos baixos salários oferecidos no Concurso Público

Cidades

 

CRESS-SE emite Nota
de Repúdio aos baixos salários oferecidos no Concurso Público 
O Conselho Regional de Serviço Social 18ª Região (CRESS Sergipe) manifesta seu repúdio devido aos baixos salários propostos para o cargo de Assistente Social (profissão de nível superior reconhecida e regulamentada pela Lei Federal nº 8.662/93) no Concurso Público e no Processo Seletivo Público (PSP), de Editais Nº 01/2021, publicados pelo município de Simão Dias, em Sergipe.
O concurso com vagas para o cargo de Assistente Social, com lotação na Secretaria Municipal de Assistência Social, prevê salário de R$ 1.500; já o processo seletivo, para cargo de Assistente Social, com lotação na Secretaria Municipal de Saúde, prevê salário de R$ 1.100. As remunerações propostas demonstram, por parte da Gestão Pública, o não reconhecimento e a falta de valorização destes/as profissionais.
Informamos que não é aceito qualquer proposta salarial que não reconheça o/a Assistente Social enquanto profissão de nível superior habilitado para intervir nas questões sociais de usuários do setor público e privado e executar políticas públicas e sociais na sociedade brasileira.
A direção do CRESS-SE informa que foram enviados ofícios à Prefeitura de Simão Dias, em questionamento aos baixos salários propostos, solicitando uma audiência e a retificação dos editais.
Em defesa do exercício profissional e da categoria de Serviço Social, o CRESS Sergipe repudia os valores apresentados, que desvalorizam a profissão e reafirma a sua posição contrária a qualquer proposta salarial que esteja abaixo do valor reconhecido por esta profissão.

O Conselho Regional de Serviço Social 18ª Região (CRESS Sergipe) manifesta seu repúdio devido aos baixos salários propostos para o cargo de Assistente Social (profissão de nível superior reconhecida e regulamentada pela Lei Federal nº 8.662/93) no Concurso Público e no Processo Seletivo Público (PSP), de Editais Nº 01/2021, publicados pelo município de Simão Dias, em Sergipe.
O concurso com vagas para o cargo de Assistente Social, com lotação na Secretaria Municipal de Assistência Social, prevê salário de R$ 1.500; já o processo seletivo, para cargo de Assistente Social, com lotação na Secretaria Municipal de Saúde, prevê salário de R$ 1.100. As remunerações propostas demonstram, por parte da Gestão Pública, o não reconhecimento e a falta de valorização destes/as profissionais.
Informamos que não é aceito qualquer proposta salarial que não reconheça o/a Assistente Social enquanto profissão de nível superior habilitado para intervir nas questões sociais de usuários do setor público e privado e executar políticas públicas e sociais na sociedade brasileira.
A direção do CRESS-SE informa que foram enviados ofícios à Prefeitura de Simão Dias, em questionamento aos baixos salários propostos, solicitando uma audiência e a retificação dos editais.
Em defesa do exercício profissional e da categoria de Serviço Social, o CRESS Sergipe repudia os valores apresentados, que desvalorizam a profissão e reafirma a sua posição contrária a qualquer proposta salarial que esteja abaixo do valor reconhecido por esta profissão.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS