Domingo, 21 De Julho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Nova mobilização contra concessão dos serviços da Deso


Publicado em 10 de julho de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O PROTESTO FOI ORGANIZADO PELO MOVIMENTO SINDICAL E OCORREU NO CENTRO (Divulgação/Sindisan)

Em nova mobilização contra a possibilidade de privatização da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), dirigentes e trabalhadores filiados ao Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos de Sergipe (Sindisan), voltaram a ocupar o centro de Aracaju para protestar contra este encaminhamento. Esta mobilização segue contando com o apoio de deputados que compõem a bancada de oposição ao governo do estado, além de dezenas de vereadores com atuação em um dos 75 municípios sergipanos. O ato público realizado na manhã de ontem voltou a contar com o apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT).
Conforme denunciado pela classe trabalhadora, o decreto nº 703, assinado pelo governador Fábio Mitidieri e publicado na primeira semana de junho, autoriza a abertura de licitação para a concessão parcial dos serviços da Deso. Este texto indica que a abertura da licitação será através da modalidade internacional, para a concessão da prestação regionalizada dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário da Microrregião de Água e Esgoto de Sergipe (MAES), que foi criada a partir da Lei Complementar nº 398, de 29 de dezembro de 2023, e aprovada pela Assembleia Legislativa (Alese).
Silvio Sá, presidente da entidade sindical, segue denunciando falta de diálogo e transparência por parte da administração estadual, sobretudo, junto aos contribuintes. “A Deso é patrimônio do sergipano, e o governador Fábio Mitidieri quer a todo custo entregar esse estratégico patrimônio à iniciativa privada”, afirmou.
Em contraponto, por intermédio de nota pública o governo do estado voltou a garantir que a Deso não será privatizada. “Todo processo de concessão tem sido conduzido dentro dos trâmites legais, com transparência e participação dos municípios que compõe o colegiado da Microrregião de Água e Esgoto de Sergipe (Maes). Este processo de licitação para a concessão parcial da Deso é uma ação fundamental para ampliar a prestação dos serviços de água e esgotamento sanitário no estado, garantindo, assim, sua universalização dentro do prazo estabelecido pelo Novo Marco do Saneamento, estabelecido em 2033”, informou.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade