Sexta, 21 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Novo arcebispo de Aracaju toma posse no sábado


Publicado em 22 de maio de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Dom Josafá Menezes da Silva será o quinto arcebispo metropolitano de Aracaju (Divulgação/Arquidiocese)

A Arquidiocese de Aracaju está ultimando os preparativos para a posse canônica do seu 5º arcebispo metropolitano, dom Josafá Menezes da Silva. O evento religioso está agendado para às 16 horas do próximo sabado (25), na Catedral Metropolitana, localizada no centro da capital sergipana. A chegada de dom Josafá a Aracaju está prevista para a próxima quinta-feira (23). Na sexta-feira (24), ele participará de um momento mariano na catedral Metropolitana.
Minutos antes da cerimônia de posse, dom Josafá vai até a Catedral, acompanhado do cardeal dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Salvador e primaz do Brasil. Também vão compor esse cortejo os demais bispos da Província Eclesiástica de Aracaju: dom Genivaldo Garcia e dom Vítor Agnaldo. O primeiro é bispo de Estância e o outro de Propriá e administrador apostólico da Arquidiocese de Aracaju. De joelhos, todos farão uma breve oração diante do Sacrário, dirigindo-se em seguida à Cúria Metropolitana para se paramentarem.
A Missa de posse do arcebispo dom Josafá Menezes da Silva será presidida pelo cardeal dom Sérgio, que fará a entrega do báculo, insígnia episcopal que é sinal da função pastoral do bispo. O cerimoniário, responsável pela preparação e coordenação da Liturgia será o padre Roberto Benvindo, pároco da paróquia Nossa Senhora de Lourdes.
Quem é – Dom Josafá, cujo lema episcopal é “Praedica verbum” (Prega a Palavra), extraído da segunda Carta de São Paulo a Timóteo (2Tm 4, 2), será o quinto arcebispo metropolitano de Aracaju. Ele nasceu em 2 de janeiro de 1959, na cidade de Salinas de Margarida (BA). Foi ordenado sacerdote em 14 de maio de 1989 e bispo no dia 10 de março de 2005.
O novo arcebispo metropolitano de Aracaju iniciou seu ministério episcopal na Arquidiocese de Salvador (BA), como bispo auxiliar, entre 2005 e 2010. Em 26 fevereiro de 2011, foi empossado como segundo bispo da Diocese de Barreiras, onde permaneceu por oito anos. Sua posse como arcebispo de Vitória da Conquista ocorreu em dezembro de 2019.
Também atuou como administrador apostólico da diocese de Bom Jesus da Lapa, entre maio de 2014 e setembro de 2015. No regional Nordeste 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foi bispo referencial para o Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso (2011-2015), e para a Pastoral da Comunicação (2015-2019), além de coordenador da Região Pastoral do Oeste da Bahia (2016-2019).
O prelado é formado em teologia na Universidade Católica do Salvador, fez especialização em Filosofia na Universidade Gregoriana de Roma, licenciatura em teologia na Pontifícia Universidade Lateranense, também em Roma, em 1999, e o doutorado em antropologia teológica nessa mesma universidade, finalizado em 2001. Foi reitor do Seminário Central São João Maria Vianey, na Arquidiocese de São Salvador da Bahia.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade