**PUBLICIDADE
Publicidade

Autônomo pode pagar INSS?


Avatar

Publicado em 11 de maio de 2022
Por Jornal Do Dia Se


Verônica Andrade

Os profissionais que trabalham com carteira assinada têm direito aos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e não precisam se preocupar se os valores estão ou não sendo repassados ao INSS, uma vez que a empresa/ empregador é que possui a obrigação de fazer os recolhimentos mensais.
Contudo uma dúvida comum é se os trabalhadores autônomos (pessoas que trabalham por conta própria ou fazem pequenos bicos) podem ou não contribuir, e a resposta é sim, podem contribuir e de maneira muito prática.
Para aqueles que atuam de forma autônoma, é possível contribuir para o INSS por meio da guia da Previdência Social (GPS), popularmente conhecida como carnê do INSS. A partir do carnê, o trabalhador pode se tornar um segurado com direito aos benefícios, incluindo a aposentadoria, auxílio doença e deixar pensão por morte para os seus dependentes.
Para a pessoa que é contribuinte individual, há a possibilidade de pagar o carnê de INSS com o Código 1007 e o valor da contribuição será de 20% do salário mínimo ou do valor de remuneração mensal, o trabalhador que contribui nessa modalidade poderá ter direito a todos os benefícios ofertados pelo INSS, (auxilio doença, salário maternidade, auxilio reclusão e pensão por morte para seus dependentes, entre outros).
Para contribuir basta se cadastrar junto ao INSS na modalidade contribuinte individual, pelo portal www.meuinss.gov.br e gerar uma senha pessoal, e então emitir as guias mensais de pagamento com o numero NIS do segurado, ou comprar o carnê de pagamento mensal e realizar os pagamentos.

Advogada especializada em direito Previdenciário e da seguridade social com mais de 10 anos de prática.
email: contato@veronicaandrade.adv.br
Instagram @veronicaandradeadvocacia

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade