Quinta, 30 De Novembro De 2023
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

PM revista estudantes na fila do ônibus escolar em São Cristóvão


Avatar

Publicado em 20 de setembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


A ação causadora da polêmica foi realizada diante de crianças e adolescentes que esperavam pelo transporte escolar, no município de São Cristóvão, região metropolitana de Aracaju.

A Polícia Militar de Sergipe submeteu crianças e adolescentes, estudantes de escola pública, que esperavam pelo transporte escolar, a uma revista com direito a cão farejador e acompanhada de perto por homens fortemente armados. Tudo isso aconteceu no último dia 14 de setembro, na cidade de São Cristóvão.
As crianças e adolescentes, todas trajando uniformes escolares, foram obrigadas a colocar suas mochilas, bolsas, cadernos e demais materiais escolares no chão para que um policial militar, acompanhado de um cão farejador, revistasse seus pertences, enquanto meninas e meninos, perfilados na lateral do ônibus escolar, assistiam a toda cena, submetidos a humilhação e ao constrangimento.
Diante dessa situação, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese), enviou ofícios ao Ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida; ao Governador do Estado, Fabio Mitidieri; ao Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda); ao Ministério Público Estadual de Sergipe; a Promotoria de Justiça de São Cristóvão; ao Conselho Estadual da Crianças e do Adolescente e ao Conselho Municipal de Criança e do Adolescente de São Cristóvão, denunciado a ação da Polícia Militar sergipana.
O Sintese solicita em seus ofícios sindicância e investigação contra os responsáveis; retratação pública da Polícia Militar de Sergipe; Inquérito Civil Público para apurar o gravíssimo episódio que violou direitos fundamentais de crianças e adolescentes; além de ações educativas sobre os direitos das crianças e adolescentes para todos os membros da corporação da Polícia Militar.
Em seu site oficial, a Polícia Militar de Sergipe divulgou matéria na qual dá conta que realizou em São Cristóvão a operação “Meu bairro mais Seguro”. A matéria diz ainda que o comandante-geral da Polícia Militar de Sergipe, coronel Alexsandro Ribeiro, liderou uma grande operação na cidade , e contou com a presença do Comando do Policiamento Militar da Capital, Comando do Policiamento Militar do Interior e Comando do Policiamento Militar Especializado.
As fotos das crianças e adolescentes sendo revistados são omitidas e não foram publicadas juntamente com o texto produzido pela assessoria de comunicação da Polícia Militar de Sergipe. Por óbvio, a “opção” não colocar as fotos do “baculejo” feito em crianças e adolescente de São Cristóvão, prova que a instituição tem completa noção e entendimento de que tal tipo de abordagem infracional constitui-se num ato gravíssimo, expressamente vetado no Estatuto da Criança e do Adolescente.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade