Sábado, 06 De Agosto De 2022
**PUBLICIDADE
Publicidade

Tribuna


Avatar

Publicado em 12 de julho de 2022
Por Jornal Do Dia Se


Democracia
Durante entrevista na Fan Fm, deputado Fábio Mitidieri (PSD) disse estar preocupado com o clima de violência que se desenha para as próximas eleições e que motivou a morte de um guarda municipal em Foz de Iguaçu.

Violência
“Lamento esse prenúncio de violência quando o presidente diz que não sabe se aceitaria o resultado das eleições e que não confia na urna que o elegeu muitas vezes. Temos que nos preocupar. Que país é esse que estamos construindo? Temos que ter responsabilidade de refletirmos com o cidadão”, declarou.

Deso
Na mesma entrevista, Fábio Mitidieri disse que, se eleito, pretende adotar Parcerias Públicas Privadas (PPP) com a Deso, para a modernização dos serviços da companhia. “É reclamação da taxa de esgoto, de falta de água, da qualidade da água. A Deso precisa de uma PPP, da mesma forma que foi feita em Alagoas”, destacou.

Candidatura
Coletivo Somos Mais. Esse é o nome do grupo composto por seis pessoas de variados perfis e com atuação em diversos segmentos, que se uniram na construção da primeira candidatura coletiva para deputado federal em Sergipe.

Coletivo
O coletivo é suprapartidário, com nomes filiados ao PSDB e Cidadania. Hebert Pereira, Lucas Aribé, Clarissa Marques França, Tauana Cândido, Adriana Flor e o Professor Moises abraçaram a ideia de apresentar esse formato aos sergipanos.

Interferem
Segundo o coletivo, os apoiadores conectados poderão interferir diretamente nas decisões políticas, por meio de um Conselho de Mandato e da participação direta e individual pela plataforma de Democracia Direta Digital, Junt@s Somos Mais.

Um nome
Segundo o ex-vereador Lucas Aribé, a legislação eleitoral só permite registrar candidaturas coletivas por meio de um dos integrantes, denominado de porta-voz. “Nossa candidatura será registrada formalmente perante o TSE por Hebert Pereira, com o nome de campanha “Coletivo Somos Mais”.

lançamento
O Coletivo Somos Mais, irá lançar a sua pré-candidatura no próximo dia 22, às 19h, no auditório da CDL Aracaju, onde vai apresentar para a população os integrantes do grupo, os valores e propostas bases defendidas pelo Coletivo, bem como o funcionamento de toda construção coletiva da campanha, do Conselho de Mandato e do mandato coletivo quando eleitos

Campanha
O pré-candidato ao senado, Valadares Filho (PSB) esteve na cidade de Tobias Barreto, neste final de semana para participar do lançamento da pré-candidatura de Jose Alberto de Jesus Góis (Bêta), para deputado estadual.

Ex-prefeitos
No encontro, além de Valadares Filho, participaram o prefeito Dílson de Agripino, o vice-prefeito, César Prado, e dois ex-prefeitos de Tobias Barreto, Toinho Nery e Marly Barreto; além da participação de vereadores, ex-vereadores e vários suplentes de vereadores.

Cadeira
“A nossa expectativa é muito grande de vermos o nosso filiado ao PSB conquistar uma das cadeiras da Assembleia Legislativa e recuperar a representatividade da cidade de Tobias Barreto no parlamento estadual, beneficiando toda essa região do Estado”, comemorou Valadares Filho.

Livros
Os livros de autoria do desembargador Edson Ulisses de Melo- “Reflexões Cidadãs” e “Sabedoria Popular no zap zap- I e II” integrarão a “Library of Congress”, biblioteca do Congresso Norte-americano, uma das maiores do mundo.

Editora
Os livros foram adquiridos pela bibliotecária do escritório brasileiro da instituição, por intermédio da editora ArtNer, que editou e indicou os livros do escritor sergipano.

Satisfação
Para o desembargador Edson Ulisses de Melo é uma satisfação que as obras literárias de um sergipano farão parte de um acervo de uma das maiores e importantes bibliotecas do mundo, lembrando a importância de nomes como Silvio Romero, Tobias Barreto e tantos outros intelectuais sergipanos que são reconhecidos internacionalmente.

Convenção
O PSTU de Sergipe marcou a convenção partidária para homologar candidaturas no próximo dia 22. O candidato a governador será Elinos Sabino, e, como vice , a operadora de telemarketing e sindicalista Leidiane Lima. Heraldo Eder Góes, sindicalista e servidor dos Correios, será o candidato a senador.

Chesf
A Chesf informa que, em função do processo de otimização energética envolvendo as diversas regiões do Sistema Interligado Nacional – SIN, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) solicitou alteração na programação de vazões dos reservatórios de Sobradinho (BA) e Xingó (SE).

Vazão
A partir desta segunda-feira (11), em Sobradinho, serão praticadas vazões médias diárias de 1.700 metros cúbicos por segundo (m³/s), chegando a 2.000 m³/s na quarta-feira (13) e permanecendo assim até nova avaliação.

Xingó
Em Xingó, as vazões médias diárias seguirão entre 1.200 e 1.500 m³/s nos finais de semana e feriados; e 1.500 e 2.000 m³/s nos dias úteis.

Sem recesso
Os vereadores de Aracaju irão cancelar o recesso parlamentar, que aconteceriam na segunda quinzena de julho, para garantir a votação de emendas impositivas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO/2023) e alterações à Lei Orgânica do Município de forma a garantir o pagamento das indicações a partir de janeiro de 2023.

Líderes
A decisão foi tomada nesta segunda-feira (11), em reunião entre o presidente da Casa Legislativa, Nitinho (PSD), e os vereadores Professor Bittencourt (PDT), Eduardo Lima (Republicanos), Isac (PDT), Cícero do Santa Maria (Pode), Ricardo Vasconcelos (Rede), Pastor Diego (PP), Soneca (PSD), Fábio Meireles (PSC) e Sargento Byron (Republicanos).

Emendas
Ainda de acordo com o presidente da CMA, a partir de agora os vereadores irão mudar Lei Orgância do município, preparara as emendas impositivas para que possa aprovar juntamente com a LDO no próximo dia 29 de julho.

Corregedor
No período de 18 a 22 de julho, o corregedor-regional do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), desembargador federal Élio Wanderley de Siqueira Filho, realizará visita à Justiça Federal em Sergipe (JFSE).

Assassinato político
O assassinato do guarda municipal e militante do PT Marcelo Arruda (foto) pelo policial bolsonarista Jorge da Rocha Guaranho recebeu o repúdio dos dirigentes das principais instituições da República.
O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou em seu perfil no Twitter que o crime “é a materialização da intolerância política que permeia o Brasil atual e nos mostra, da pior forma possível, como é viver na barbárie”. Na sequência, Pacheco exortou os líderes políticos a combater o ódio. “A convivência com o contraditório deve ser mais do que respeitada. Deve ser preservada e estimulada”, pediu o senador.
O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), divulgou nota oficial nesta segunda-feira (11), pedindo respeito à democracia e à garantia da defesa de posições partidárias.
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), também condenou o assassinato. “A intolerância, a violência e o ódio são inimigos da Democracia e do desenvolvimento do Brasil. O respeito à livre escolha de cada um dos mais de 150 milhões de eleitores é sagrado e deve ser defendido por todas as autoridades no âmbito dos 3 Poderes”, afirmou Moraes.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade