Sábado, 18 De Maio De 2024
       
**PUBLICIDADE


Sergas assina termo de convênio com o Cibiogás e SergipeTec, no Paraná


Avatar

Publicado em 06 de abril de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Diretores das empresas apresentam o documento do convênio

Em razão do grande potencial de produção de biomassa no estado de Sergipe, a Sergipe Gás (Sergas), em parceria com o Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) e o Centro Internacional de Energias Renováveis (Cibiogás), assinaram, na quinta-feira, 4, no município de Foz do Iguaçu/PR, o Termo de Convênio destinado à construção e desenvolvimento da melhor solução para a implantação do biogás e biometano como recursos energéticos limpos e competitivos em Sergipe. O evento contou com a presença dos presidentes das três instituições envolvidas.
O Centro Internacional de Energias Renováveis é uma instituição de ciência e tecnologia com foco em inovação, dedicada ao desenvolvimento do biogás como recurso energético limpo e competitivo, com o objetivo de promover o mercado de energias renováveis. Além disso, tem o intuito de promover o desenvolvimento científico e tecnológico local e regional, por meio do fomento de atividades de pesquisa e ensino, do apoio a empreendimentos de base técnica e industrial e da implementação de um parque tecnológico que contemple a gestão compartilhada de recursos humanos, materiais, físicos e técnicos, voltados ao desenvolvimento social, institucional, econômico, da cidadania, da qualidade de vida e da promoção do pleno emprego. A assinatura do termo de convênio proporcionará que os próximos passos sejam dados, e os primeiros deles serão o estudo de mercado e viabilidade do projeto e conhecer as potencialidades do estado de Sergipe.
De acordo com o termo, o SergipeTec, em conjunto com o Cibiogás, conduzirá o projeto de instalação de um laboratório para a produção de biogás e biometano em Sergipe. As instituições irão aprofundar os estudos para avaliar as potencialidades que Sergipe dispõe, identificar oportunidades de negócios com a finalidade de promover a estruturação de um arranjo tecnológico e aquisição da produção de biometano como energia limpa. A Sergas, por meio do diretor presidente, prospectou todo esse processo e desempenhará um papel importante para o estado de Sergipe, assim como para os negócios da companhia, pois poderá aumentar seu portfólio de supridores, proporcionar o incremento da interiorização do gás, podendo obter uma modicidade tarifária, além de ficar responsável pela aquisição de toda a produção do biometano produzido através desse processo em Sergipe.
O presidente do SergipeTec, José Augusto Carvalho, considera a assinatura do termo de cooperação entre as três entidades importantíssima para que Sergipe possa se inserir cada vez mais no mundo de energias renováveis, adquirindo novos conhecimentos científicos. “Considero uma grande oportunidade para o estado, que alcançará um novo estágio de tecnologia, absorvendo os conhecimentos científicos que o centro possui. O estado de Sergipe tem grandes condições de abrigar essas novas tecnologias e se figurar na vanguarda das tecnologias e processos de produção do biometano como combustível renovável”, argumentou José Augusto.
O diretor presidente do Cibiogás, Rafael González, informou da alegria em receber em Foz do Iguaçu os dirigentes de duas instituições sergipanas Sergas e SergipeTec para a assinatura do termo de convênio para desenvolvimento da melhor solução para a implantação do biogás e biometano como recurso energético limpo em Sergipe. “Essa troca de experiências facilita para que as coisas aconteçam com um pouco mais de velocidade, permitindo uma construção entre as partes que já se aproximaram bastante. Nós temos uma grande expectativa em contribuir, pensando em como biometano pode entrar como matriz energética da produção e distribuição da Sergas em Sergipe”, completou.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE