Sexta, 19 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Temporal derruba templo religioso


Avatar

Publicado em 21 de dezembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


Em Carmópolis, um vendaval derrubou, na tarde desta quarta-feira (20), a imagem de Nossa Senhora do Carmo, padroeira do município (Marcílio Nocrato/Cúria Metropolitana)

 
Milton Alves Júnior
 
Estudos realizados pela Gerência de Meteorologia e Mudanças Climáticas (Semac), indicam que até a noite desta sexta-feira (22), a perspectiva é de chuvas intensas e rajadas de ventos em todo o território sergipano. Conforme destacado pelos meteorologistas, a previsão indica que em alguns municípios, os ventos mais intensos podem chegar até 100 km/h, enquanto as chuvas podem variar de 50mm/dia a 100mm/dia. Foi revelado também que a aproximação de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) está contribuindo para a formação de áreas de instabilidade no Estado de Sergipe. 
Em Carmópolis, um vendaval derrubou, na tarde desta quarta-feira (20), a imagem de Nossa Senhora do Carmo, padroeira do município. A informação foi confirmada pela Defesa Civil da cidade.
Segundo a Defesa Civil, ninguém ficou ferido com a queda do monumento. Inaugurada em 2013, a imagem de Nossa Senhora do Carmo estava localizada no Complexo Turístico Religioso Monte Carmelo, possuí 12 metros e ficava sobre um pedestal de 20 metros de altura.
Nas últimas 24 horas o estado de Sergipe também registrou óbitos em virtude deste mau tempo. Uma mulher de 48 anos, a qual foi atingida por um raio no Povoado Mussuípe, em Neópolis. Já na cidade de Nossa Senhora da Glória, um homem de 28 anos morreu eletrocutado enquanto trabalhava em um laticínio; a Polícia Civil informou que a vítima estava com uma mangueira e pisou em uma plataforma de energia, levando o choque elétrico. Ele chegou a ser socorrido e levado por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para uma unidade de saúde, mas não resistiu.
 
Monitoramento – Nos 75 municípios sergipanos o trabalho de monitoramento acontece por profissionais da Defesa Civil Estadual, os quais contam também com o apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar (CBM). Indícios de vulnerabilidade estrutural devem ser informados em caráter de urgência aos órgãos de Segurança Pública. Estes comunicados devem ser repassados junto ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) 190. Situações de emergência podem ser compartilhadas também pelo telefone 193. O setor de emergência da Defesa Civil Municipal – em Aracaju -, informou ao JORNAL DO DIA que funciona todos os dias, com escalas que se revezam 24h; o telefone para contato é: 199.
Segundo avaliação apresentada pelo meteorologista Overland Amaral, essas ações da natureza são comuns nesse período do ano. “São chamadas as chuvas convectivas de verão; essas chuvas são causadas devido aos dias de calor excessivo, quando o ar quente sobe à atmosfera, pois se torna mais leve, criando um deslocamento vertical de massa aquecida de ar, provocando estas chuvas que podem ser intensas e também podem vir acompanhadas de trovoadas, relâmpagos e rajadas de ventos”, destacou. Diante da mudança climática, sinais de alerta estão sendo encaminhados às marinas, iates clubes e empresas de transporte marítimo, reiterando a necessidade de precaução durante o período.
Em nota a Marinha informou que nesse período permanece atenta à situação do tempo e, em caso de necessidade, a Capitania dos Portos poderá ser acionada, em qualquer horário, pelo telefone (79) 3711-1646. Pedidos de auxílio também podem ser realizados pelo telefone 185, Emergências Marítimas e Fluviais, ou ao Salvamar Leste, operado pelo Comando do 2º Distrito Naval, por meio do telefone 08002843878.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade