Sábado, 18 De Maio De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Temporal inunda toda Aracaju


Avatar

Publicado em 08 de maio de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Alguns transtornos também foram registrados na Grande Aracaju e em municípios como Maruim, Laranjeiras e Neópolis(Prefeitura de Maruim/Divulgação)

Pela terceira vez em menos de 30 dias a capital sergipana amanheceu com ruas e avenidas interditadas em decorrência do amplo volume de água das chuvas; somente nas últimas 48 horas foram contabilizados pela Defesa Civil mais de 150 mm na região metropolitana de Aracaju. No intervalo entre a noite da segunda-feira (7), e às 8 horas de ontem, foram registrados 94 mm. Na tentativa de minimizar os transtornos já provocados pelo mau tempo, agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) interditaram vias expressas com acúmulo de água superior a 50 cm. Entre estas faixas exclusivas para veículos estava um trecho da Avenida Ministro Geraldo Barreto Sobral, bairro Jardins, zona Sul de Aracaju. Ruas paralelas também foram temporariamente bloqueadas.
Um levantamento apresentado pelo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), indica que o mês de maio é a fase do ano em que o registro de chuvas intensas tendem a acontecer em maior recorrência se comparado com os demais 11 meses. Dentro deste cenário os profissionais meteorologistas indicam que as regiões: Leste, Agreste e Sertão, apresentam ao longo dos últimos anos um acumulado de chuvas que atingem até 100 milímetros por dia; no que se refere às rajadas de ventos, estas podem chegar a 50 quilômetros por hora. Paralelo à região da Grande Aracaju, o tempo instável registrado neste início de semana deve continuar até a madrugada da próxima sexta-feira, 10, em diversas regiões do estado.
Interior – Pela administração municipal foi oficializado que a Defesa Civil registrou 14 ocorrências; sendo 12 de alagamentos, um de colapso estrutural e uma de avaliação de risco de colapso estrutural. No interior do estado também houve identificação de inundações e danos estruturais nas cidades de: Barra dos Coqueiros, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Lagarto, Maruim, Neópolis, Itabaiana e Laranjeiras.
O amplo volume de água da chuva contribuiu também para a multiplicação de acidentes de trânsito em áreas urbanas e rurais. Na rodovia SE-175, por exemplo, duas viaturas da Polícia Militar saíram da pista após não conseguir frear; em comboio, com destino à Aracaju, condutores precisaram direcionar os veículos para uma área de vegetação devido a existência de um caminhão parado na rodovia após dano mecânico; caso não adotassem esta medida, um engavetamento teria ocorrido. Nenhum policial militar ficou ferido. Também houve registro de acidente na BR-235, nas proximidades do povoado Mocambo, em Frei Paulo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o sinistro envolveu um automóvel pertencente à prefeitura de Coronel João Sá (BA).
Após perder o controle do veículo, o motorista teria tentado estacionar no acostamento; neste movimento houve capotamento seguido de colapso em um barranco. A PRF também registrou no boletim de ocorrência que no momento do acidente a pista estava molhada. “Quando a equipe chegou, os feridos já haviam sido levados para um hospital da região. Informações dão conta que eles foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e por uma ambulância da prefeitura de Frei Paulo”, informou a corporação federal. Sobre a presença do veículo em solo sergipano, a Prefeitura de Coronel João Sá declarou que estava à caminho do Hospital de Cirurgia, em Aracaju.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade