Sexta, 23 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Ailton Silva não resistiu a derrota no clássico


Avatar

Publicado em 30 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O técnico Ailton Silva não resistiu a mais uma derrota à frente do Itabaiana e perdeu o cargo. Ele foi bastante sincero ao falar sobre a terceira derrota do Itabaiana na temporada. O Tremendão perdeu o Clássico da Paz para o Sergipe no último domingo por 2 a 0, tendo atuado desde os minutos finais do primeiro tempo com um jogador a mais.
Questionado sobre a pressão pela não continuidade no cargo, o treinador concordou, mas disse que acredita que os jogadores podem reverter o mau momento da equipe.
– A gente trabalha para a equipe não tomar gol e fazer gol. A gente estava fazendo um jogo equilibrado e bom. Um vacilo nosso tático nosso tomamos um gol e se corre de novo atrás, que era o que vinha acontecendo nos outros dois jogos. O torcedor está chateado e eu estou mais ainda porque aqui é minha profissão e meu sustento. O torcedor quer que a equipe jogue bem, vá para frente e nós trabalhamos para isso. Tivemos uma semana boa, mas infelizmente não conseguimos reverter isso no jogo. O torcedor tem o direito de cobrar e de xingar dentro do jogo. A gente não aceita isso na rua – disse o técnico tricolor.
– Estou tranquilo e trabalho todos os dias. A gente toma todos os cuidados quando tem a semana cheia para trabalhar eles bem. Eu não estou satisfeito com os resultados e espero reverter o mais rápido possível. Futebol é isso. Às vezes as coisas não encaixam tão fáceis. Por mim, eu não jogo a toalha e acredito. Agora é escutar as críticas e saber entender o momento – afirmou.
Atual campeão, o Itabaiana ainda não venceu no Campeonato Sergipano e é o lanterna da competição, sem ter marcado nenhum gol e com a segunda pior defesa. A equipe volta a campo nesta quarta-feira, contra o Atlético Gloriense, vice-lanterna, fora de casa.
– Outro jogo difícil porque a gente sabe da dificuldade de jogar no interior também. É a chance de poder reverter isso, sair dessa fase e o torcedor acreditar que o time tem potencial para lutar por coisas boas – salientou.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE