Sexta, 23 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Bandidos roubam R$ 6 mil de posto do Banese Card


Avatar

Publicado em 06 de julho de 2012
Por Jornal Do Dia


Fachada do Ponto Banese no Conjunto Orlando Dantas

Um posto de atendimento do Banese Card foi assaltado ontem à tarde na Avenida Gasoduto, no Conjunto Orlando Dantas (zona sul da capital). Por volta das 13h30, dois bandidos entraram no local e roubaram mais de R$ 6 mil em dinheiro, depois de tomar o revólver do vigilante e render os clientes e os funcionários do posto. O local, que também funciona como Ponto Banese, fechou seu atendimento ao público depois do assalto, o que surpreendeu os clientes que a todo momento chegavam ao local e voltavam para casa sem ser atendidos.

Os funcionários da Seac, a empresa administradora do Banese Card, permaneceram trancados no posto durante mais de duas horas com policiais militares enviados ao local e não quiseram falar com os jornalistas. No meio da tarde, eles foram levados para prestar depoimento no Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), que assumiu as investigações do caso. Funcionários da empresa de vigilância responsável pelo posto também estiveram no local e deram acesso às imagens gravadas pelo circuito interno de TV, já em poder da polícia.

Uma testemunha que não quis se identificar contou que o assalto teria sido praticado por cinco homens que chegaram ao local em um GM Corsa de cor prata e uma moto Honda CG. Dois entraram na agência e executaram o assalto, enquanto o terceiro ficou do lado de fora, dando cobertura. No entanto, policiais que assistiram ao vídeo acreditam em um número menor de assaltantes, pois acham ser "improvável que três pessoas dêem cobertura em um assalto para levar apenas R$ 6 mil".

O delegado André Baronto, que também teve acesso às imagens, também não confirma totalmente a versão da testemunha. "Só podemos dizer que foram duas as pessoas que fizeram o assalto, com base nas imagens que foram trazidas. Estamos fazendo outros levantamentos e contamos com o apoio das pessoas que verem essas imagens na imprensa, para que elas possam nos informar, se as conhecerem, quem são essas pessoas", apela o delegado. Os bandidos têm entre 20 e 30 anos de idade e estavam com os rostos cobertos, sendo um com máscara e outro com boné e óculos escuros.

Segundo as imagens do vídeo, o vigilante foi rendido por um dos bandidos, que entrou no local passando-se por cliente e sentou-se ao lado dele. Depois, os clientes e funcionários foram obrigados a deitar no chão, enquanto os marginais recolhiam o dinheiro dos caixas. A ação, segundo Baronto, durou exatos 50 segundos "do início ao seu final" e foi facilitada pelo nível de segurança exigido dos correspondentes bancários (como no caso dos Pontos Banese), que é baixo em relação ao das agências bancárias. Um suspeito chegou a ser detido, mas sua participação no assalto não foi confirmada. A Polícia Militar chegou a fazer buscas na região do Orlando Dantas, mas nenhum dos suspeitos foi encontrado até a noite de ontem. (Gabriel Damásio)

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade