Sexta, 01 De Março De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Chuvas provocam estragos em municípios sergipanos


Avatar

Publicado em 25 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


A Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Sustentabilidade e Ações Climáticas (Semac), decidiu estender por mais 48 horas o alerta de chuvas intensas em todas as regiões de Sergipe. Conforme destacado desde o início desta semana, o Centro de Meteorologia tem observado indícios de fortes rajadas de vento e pancadas de chuvas para este final de janeiro. O alerta cita ainda a possibilidade do acumulado de chuva variar entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia. E cita que ventos intensos podem variar entre (40-60 km/h). A capital, Aracaju, até o início da noite de ontem não havia sido impactada com o mau tempo; já no interior do estado, a exemplo da cidade de Nossa Senhora da Glória, houve temporal.
Ao JORNAL DO DIA, a Defesa Civil Estadual confirmou que os municípios de Poço Verde, Porto da Folha, Monte Alegre e Simão Dias sofreram consequências da ação provocada pela natureza. Além de danos estruturais em residências, pontos comerciais e departamentos públicos, a queda de raios provocou a morte de animais nas cidades de Simão Dias e Poço Redondo. Nenhuma pessoa precisou de atendimento médico em decorrência de intercorrências causadas pela tempestade. Segundo avaliação apresentada pelo meteorologista Overland Amaral, essas ações da natureza são comuns nesse período do ano. O risco de novos temporais com estas características segue até o dia 20 de março deste ano, quando encerra o Verão.
“São chamadas as chuvas convectivas de verão; essas chuvas são causadas devido aos dias de calor excessivo, quando o ar quente sobe à atmosfera, pois se torna mais leve, criando um deslocamento vertical de massa aquecida de ar, provocando estas chuvas que podem ser intensas e também podem vir acompanhadas de trovoadas, relâmpagos e rajadas de ventos”, destacou. Diante da mudança climática, sinais de alerta estão sendo encaminhados às marinas, iates clubes e empresas de transporte marítimo, reiterando a necessidade de precaução durante o período. Em nota a Marinha informou que nesse período permanece atenta à situação do tempo e, em caso de necessidade, a Capitania dos Portos poderá ser acionada, em qualquer horário, pelo telefone (79) 3711-1646.
Pedidos de auxílio também podem ser realizados pelo telefone 185, Emergências Marítimas e Fluviais, ou ao Salvamar Leste, operado pelo Comando do 2º Distrito Naval, por meio do telefone 08002843878. O trabalho de monitoramento acontece também com o apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Indícios de vulnerabilidade estrutural devem ser informados de imediato aos órgãos de Segurança Pública. Estes comunicados devem ser repassados junto ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp 190). Situações de emergência podem ser compartilhadas também pelo telefone 193; já o setor de emergência da Defesa Civil Municipal – em Aracaju -, informou ao JD que funciona todos os dias, com escalas que se revezam 24h; o telefone para contato é: 199.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade