**PUBLICIDADE
Publicidade

Estado: problema ou solução?


Avatar

Publicado em 16 de janeiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Qualquer tipo de Estado é um incômodo para o liberalismo econômico e financeiro. O Estado é condição para a existência

* Emir Sader

Quando o neoliberalismo surgiu, Ronald Reagan anunciou que o Estado já não era uma solução, mas sim um problema. Significava que a sua ação se concentraria na construção de um Estado mínimo.
O Estado tornou-se um problema pela sua capacidade reguladora da economia, por se opor à livre circulação de capitais. Devido à existência de empresas públicas. Devido aos custos para sua operação.
O objetivo seria impor um Estado mínimo com a centralidade do mercado. Isto ocorreria devido à desregulamentação econômica, com a livre circulação de mercadorias. Pela privatização das empresas estatais. Devido à diminuição do quadro de pessoal do Estado.
Promover a mercantilização da sociedade, para a qual o Estado é o grande obstáculo. Eles buscam uma sociedade sem Estado.
O governo de Milei é a experiência mais radical nesse sentido. A motosserra permaneceu como símbolo dessa experiência, como forma de expressar a forma de cortar tudo o que podiam cortar do Estado. Coloquem em mãos privadas, privatizem tudo o que puderem privatizar.
Busca da utopia de uma sociedade sem Estado, com comercialização absoluta. Uma sociedade sem Estado, ou seja, uma sociedade sem direitos das pessoas, sem limites à circulação de capitais.
Seria a confiança máxima de que a lei da oferta e da procura poderia orientar, sem limites, o funcionamento da economia e da sociedade como um todo. Com extrema desigualdade social, com uma distribuição de rendimento profundamente desigual,
Sem qualquer tipo de regulação estatal, os preços disparam, o poder de compra das pessoas é profundamente afetado.
Para o liberalismo, o Estado é um obstáculo ao funcionamento da liberdade do mercado. A situação atual na Argentina expressa o problema. Dilei acredita que só a livre circulação dos mercados poderá resgatar o país da grave crise que atravessa.
Parte deste processo é a dolarização da economia, como forma de liberalização das relações monetárias.
Qualquer tipo de Estado é um incômodo para o liberalismo econômico e financeiro. Estado significa regulação das relações econômicas, significa afirmação dos direitos das pessoas. Significa afirmação da cidadania, da esfera pública.
O Estado é um problema para o liberalismo. O Estado é condição para a existência.

* Colunista do 247, Emir Sader é um dos principais sociólogos e cientistas políticos brasileiros

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade