Sexta, 21 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Governador conhece detalhes do SBI


Publicado em 26 de julho de 2012
Por Jornal Do Dia


O governador com o generla Elito Siqueira e comandantes militares

Na tarde desta quarta-feira, o governador Marcelo Déda recebeu a visita do ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), general José Elito Carvalho Siqueira. O ministro, que é sergipano, veio a Aracaju para coordenar uma reunião com os órgãos federais que participam, no âmbito do estado de Sergipe, do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin). O governador conheceu os detalhes de funcionamento do sistema e colocou toda a estrutura dos órgãos de segurança estaduais a disposição para colaborar no que for necessário. O encontro ocorreu no Palácio de Veraneio.

Formado por um conjunto de órgãos governamentais responsável pela produção de conhecimentos de interesse das atividades de inteligência, em especial àqueles ligados à defesa externa, segurança interna e relações exteriores. "Este é um sistema que é atualizado permanentemente, monitorando focos de interesse em todos os estados brasileiros e pode ser acessado a qualquer momento e em qualquer lugar pela presidenta da República Dilma Rousseff, por ministros e diretores de órgãos que compõem a estrutura", informou o ministro, ao explicar que o Sisbin é composto por 15 ministérios e 30 órgãos federais.

Segundo o governador Marcelo Déda, o esforço de divulgação do Sisbin é extremamente válido no sentido de quebrar preconceitos, mostrando a atualidade de um sistema de inteligência democrático e que opera dentro da norma constitucional. "Essa é uma ferramenta capaz de oferecer à presidenta da República, e aos diversos níveis de decisão do Governo Federal, informações precisas a respeito dos mais variados cenários, desde questões de segurança pública, até questões que envolvem o meio ambiente. Diariamente, esses dados são repassados à presidente, a ministros de Estado que têm condições de responder a situações, e principalmente, se antecipar a elas", destacou o governador, ao citar como exemplos dessas informações a previsão de estiagens, enchentes, catástrofes em geral, problemas na malha viária nacional, no sistema aéreo, monitoramento de grandes instalações produtoras de energia, dentre outras.

"Com um monitoramento dessa dimensão, o governo central pode acompanhar o país como um todo, tomando as decisões adequadas no momento necessário", complementou o governador, ao ressaltar o papel desempenhado pelo general Elito em informar aos governadores sobre o funcionamento do sistema, além de buscar atuar de forma cooperativa. "Desse modo, o país sai ganhando em função da capacidade de antecipação e resposta que o Governo Federal possa ter em relação a problemas de extrema importância que possam ocorrer no país", concluiu o governador.

Após ouvir do general detalhes do funcionamento e uma demonstração da capacidade de estratificar informações do Sisbin, o governador fez questão de elogiar o trabalho de levantamento de dados desenvolvido pelo GSI. "Este é um trabalho notável conduzido por este sergipano ilustre, que é detentor de uma das melhores carreiras do Exército Brasileiro", disse Marcelo Déda, referindo-se ao general José Elito, que é reconhecido nacional e internacionalmente por ter comandado a Força de Paz no Haiti.

Participação – Acompanharam a reunião, representantes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Ministério da Defesa, oficiais generais das unidades regionais do Exército Brasileiro, além do secretário de Estado da Segurança Pública, João Eloy de Menezes, o comandante da Polícia Militar, coronel PM Maurício Iunes, o chefe do Gabinete Militar do Governo do Estado, coronel PM Carlos Augusto Bispo, o delegado chefe do Departamento de Inteligência Policial (Dipol) da Polícia Civil, dentre outras autoridades correlatas.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade