Quarta, 28 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Governo inicia distribuição de refeições do ‘Prato do Povo’


Avatar

Publicado em 06 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


COZINHEIRO PREPARA MARMITA DE PROGRAMA ALIMENTAR DO GOVERNO (Arthur Soares/ASN)

O Governo de Sergipe iniciou, nesta segunda-feira (5), mais uma etapa do programa ‘Prato do Povo’, nos municípios de Cumbe e de Macambira. Com a iniciativa, cerca de 4,2 mil refeições diárias, prontas e balanceadas serão ofertadas à população sergipana em 21 municípios.
Cada cidade receberá até 200 refeições diárias, de segunda a sexta-feira, no horário do almoço. Mensalmente, mais de 80 mil refeições serão fornecidas pelo programa, que deve ser ampliado para mais municípios futuramente. A condução ficará a cargo da Secretaria de Estado da Assistência Social, Inclusão e Cidadania (Seasic), e a iniciativa integra o eixo ‘Assistência Social e Combate à Pobreza e à Fome’ – Avança Sergipe, projeto do governo.
De acordo com o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, a ação representa um novo momento para os sergipanos em condição de vulnerabilidade social. “O ‘Prato do Povo’ começou no ano passado com a aprovação da lei, depois a licitação, depois o processo de contratação das empresas e do espaço, a compra de equipamentos. Agora é a finalização, quando você começa a entregar os alimentos. Que bom que a gente está aqui para trazer dignidade e condição para as pessoas que, muitas vezes, não têm acesso a um prato de comida. Um cardápio rico, variado, com uma porção robusta, para que eles possam ter força e continuar na luta. A gente tem o trabalho de unificar as políticas públicas, qualificar mão de obra, inserir no mercado de trabalho, mas isso tudo leva tempo, e a fome não espera. Então, é tudo dentro de uma sequência: segurança alimentar, beneficiamento da agricultura familiar, qualificação, geração de emprego. É assim que a gente trabalha: pensando nas pessoas”, frisou.
A distribuição das refeições será feita por estabelecimentos locais de cada município contemplado, selecionados conforme os critérios estabelecidos no termo de referência e no edital.

Organização – Além de Cumbe e Macambira, serão beneficiados neste primeiro momento os municípios de Gracho Cardoso, Canhoba, Pedrinhas, Santana do São Francisco, Muribeca, Ilha das Flores, Feira Nova, Pedra Mole, Arauá, São Miguel do Aleixo, General Maynard, Pinhão, Telha, Siriri, São Francisco, Santa Rosa de Lima, Itabi, Malhada dos Bois e Nossa Senhora Aparecida. A seleção se baseou no recorte populacional de dez mil habitantes e nas maiores taxas de pobreza e extrema pobreza registradas no Cadastro Único e de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).
O ‘Prato do Povo’ foi implementado por meio da Lei Estadual 9.228/2023, passando em seguida à formalização do convênio com o Governo Federal. Após esta fase, foi aberto o processo de licitação e contratação das empresas para execução plena do programa. A lei foi sancionada pelo governador Fábio Mitidieri em 7 de julho de 2023.

Regras – Estarão aptos a receber as refeições os usuários que estiverem inscritos no Cadastro Único, no recorte de pobreza. No momento da entrega, o beneficiário deverá apresentar documento com foto, bem como assinar comprovante de entrega.
A validação para recebimento deverá ser realizada diariamente pelo restaurante, por meio de plataforma disponibilizada pela Seasic. Serão ofertadas 200 refeições, por ordem de chegada e de acordo com a composição familiar de cada beneficiário. Cada quentinha terá, em média, 630 gramas, e o kit contém também suco e fruta.
Não será permitido o consumo de refeição nas dependências do estabelecimento vinculado. O horário de distribuição das refeições compreenderá o período entre 11h e 13h, de acordo com a disponibilidade das refeições.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade