Segunda, 15 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Governo lança programa Ser Criança e fortalece ações com foco na primeira infância


Avatar

Publicado em 12 de dezembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


(Arthuro Paganini/ASN)

Com o objetivo de fortalecer as ações voltadas à primeira infância e de colocar as crianças na centralidade das iniciativas de gestão, foi lançada nesta segunda-feira (11), a Política Estadual de Atenção Integrada à Primeira Infância – Programa Ser Criança. Com a medida, o Governo de Sergipe dá mais um passo rumo ao propósito de promover o desenvolvimento infantil de forma intersetorial, trazendo suporte à parentalidade em ambiente seguro para a convivência comunitária e ambiental das crianças.
O programa, que tem à frente a Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seasc), como previsto na Lei 9.313, de 16 de novembro de 2023, sancionada pelo o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, teve o projeto de lei aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) no dia 26 de outubro. De acordo com o governador, o lançamento simboliza o compromisso da administração estadual com o bem-estar das crianças, visando o futuro da geração. “Esse instrumento é fundamental para que a política pública estadual saia da letra fria da lei e ganhe as ruas, com ações concretas. Não há como pensar o futuro sem pensar naqueles que serão, de fato, esse futuro, que são as nossas crianças. A gente precisa acolher, dar conforto e segurança alimentar, dar saúde e educação, para que tenhamos uma geração vencedora”, salientou o governador. Na oportunidade, Fábio Mitidieri anunciou a construção de 75 creches de ensino integral, com capacidade para 100 a 300 crianças. O investimento é de R$ 400 milhões, ao longo dos próximos três anos em todos os municípios do estado.
Para a secretária da Seasc e primeira-dama, Érica Mitidieri, a política acaba beneficiando a todos os entes familiares ao trazer as crianças como foco. “Que hoje seja um marco de melhoria para nossos sergipaninhos e sergipaninhas. Trabalhamos incansavelmente, fazendo escutas infantis em todo o estado, desenvolvendo materiais didáticos, pensando o Plano Estadual da Primeira Infância. E nosso propósito é estimular o desenvolvimento de nossas crianças, que não devem ser invisibilizadas nem negligenciadas. Precisamos, juntos, fiscalizar e zelar por elas”, manifestou.
O programa Ser Criança está relacionado aos trabalhos da Rede Nacional da Primeira Infância. A secretária Érica Mitidieri aponta que, a partir de 2024, a política será aplicada com o suporte da rede, com o chamado aos municípios. “Teremos essa construção conjunta, porque ninguém faz nada sozinho. Quem efetua a política na ponta, de fato, são as prefeituras. A gente traz todos esses atores com o intuito de ter um olhar cuidadoso, porque as crianças são o futuro”, destacou.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade