Quarta, 17 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Mais de 142 mil alunos da rede pública estadual de ensino voltam às aulas 


Avatar

Publicado em 16 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O ano letivo da Rede Pública Estadual de Ensino começou nesta quinta-feira (15), para mais de 142 mil alunos matriculados (Divulgação/Seduc)

O ano letivo da Rede Pública Estadual de Ensino de Sergipe iniciou-se nesta quinta-feira (15), para mais de 142 mil alunos matriculados nas 319 unidades escolares em todos os municípios sergipanos. A abertura oficial aconteceu no Colégio Estadual Jornalista Paulo Costa, em Aracaju, com a instituição do Programa Estadual de Promoção, Proteção e Prevenção da Saúde Menstrual nas Escolas – Cuidar-SE. O programa promoverá a conscientização sobre a naturalidade do ciclo menstrual, além de educação em saúde, higiene pessoal, saúde sexual e reprodutiva e da disponibilidade gratuita de absorventes íntimos higiênicos para pessoas que menstruam.
Na Diretoria Regional de Educação do Agreste Sergipano (DRE 3), das 31 unidades escolares circunscritas a essa diretoria, 30 iniciaram as atividades letivas, contando com mais de 17 mil alunos que retornaram às salas de aula. O diretor da DRE 3, professor Gladston dos Santos, informou que a expectativa da comunidade escolar é superar o último ano, já que foram analisados os índices educacionais de 2023, e a partir deles os resultados basearam a jornada pedagógica regional. Como consequência, foram propostas metas e estratégias para melhorar a distorção idade-série, a diminuição da reprovação e o abandono escolar, além da melhoria da estrutura das escolas. 
A Diretoria da Grande Aracaju (DRE 8) e a do Alto Sertão Sergipano (DRE 9), respectivamente com 53 e 14 unidades escolares, também voltaram às aulas em sua totalidade de escolas. O diretor da DRE 9, Antônio José de Santana, informou que cada escola organiza seu acolhimento para que haja uma interação ainda melhor entre a comunidade e o aluno que chega. “Já recebemos os absorventes higiênicos e sugerimos a cada escola que fizesse uma atividade de acordo com a sua realidade. A equipe do programa Acolher também participa”, destaca Santana.
 
Cuidar-SE – Para assegurar que nenhuma jovem de 9 a 21 anos de idade que menstrua, matriculada na rede pública estadual de ensino, abandone a escola ou falte as aulas, o Governo de Sergipe lançou o Programa Estadual de Promoção, Proteção e Prevenção da Saúde Menstrual nas Escolas – Cuidar-SE. A intenção é assegurar dignidade menstrual e promoção da educação em saúde para a comunidade escolar com a disponibilidade de absorventes íntimos higiênicos, cartilhas informativas e formação de professores e gestores. 
Em Sergipe, o programa terá um cunho educacional, vai além da disponibilidade do absorvente higiênico nas escolas e garante a capacitação dos profissionais da Rede Estadual, nas principais temáticas relacionadas à educação em saúde, higiene pessoal e saúde menstrual, com vistas ao acesso das alunas às políticas públicas e promoção da dignidade menstrual, priorizando a garantia do acesso à educação em saúde, higiene pessoal e saúde menstrual; combater a precariedade menstrual, identificada como a falta de acesso a produtos de higiene e a outros itens necessários ao período da menstruação, ou a falta de recursos que possibilitem a sua aquisição.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade