Segunda, 26 De Fevereiro De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Morre o jovem vítima da guerra das torcidas do Sergipe e do Confiança


Avatar

Publicado em 09 de fevereiro de 2024
Por Jornal Do Dia Se


O SECRETÁRIO DA SEGURANÇA, JOÃO ELOY, COMANDA REUNIÃO QUE DEFINIU O USO DE RECONHECIMENTO FACIAL NOS CLÁSSICOS (Divulgação/SSP)

Milton Alves Júnior
 
Morreu no início da manhã de ontem (08) o jovem Kaio South, 24 anos, integrante da Torcida Trovão Azul, protagonista do confronto violento registrado na tarde do último domingo, 04, nas imediações do Terminal de Integração do Distrito Industrial de Aracaju (DIA), zona Sul da capital. Depois de cinco dias internado em estado crítico na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), a direção da Secretaria de Estado da Saúde (SES), oficializou a morte do torcedor. O sepultamento teve início ainda no final da manhã de ontem. Conforme já registrado pelo JORNAL DO DIA, três pessoas – incluindo Kaio -, precisaram de acolhimento hospitalar; dois pacientes seguem em observação.
O confronto sangrento foi registrado em um espaço onde o monitoramento era realizado parcialmente por agentes da Guarda Municipal de Aracaju (GMA); no início do conflito não havia efetivo suficiente para impedir o atrito, o qual foram utilizados pedaços de madeira, pedras, faca e extintor. Ainda de acordo com a SSP, também houve registro de briga no município de Nossa Senhora do Socorro, na região da Grande Aracaju. Deputados estaduais, vereadores, e o governador do estado, Fábio Mitidieri, se manifestaram repudiando o mais novo registro de briga entre torcidas. No ano passado o JORNAL DO DIA noticiou confrontos semelhantes, sobretudo, registrados nas cidades de Itabaiana, Barra dos Coqueiros, Socorro, e na própria capital, Aracaju.
Em nota pública, a direção da torcida organizada a qual Kaio fazia parte, lamentou o óbito e desejou conforto e alívio para os familiares do jovem. A nota não consta possível repúdio ao ato de confronto protagonizado pelos próprios integrantes, ou desenvolvimento de ações capazes de acabar com este tipo de ocorrência no estado de Sergipe. “Viemos expressar nossas condolências e pedir a Deus que conceda algum conforto e alívio a família e todos que o amavam, nesse momento de perda e dor”, publicou. Na última segunda-feira, 05, o setor de inteligência da Polícia Civil informou que está investigando o caso com a finalidade de identificar os integrantes.
A perspectiva é que o Poder Judiciário seja acionado com a finalidade de punir os responsáveis, bem como bani-los por tempo indeterminado de acessar praças de esporte, a exemplo do Estádio Lourival Baptista – o Batistão. A direção da Torcida Esquadrão Colorado (TEC), envolvida no conflito, até o início da noite de ontem não havia se manifestado sobre a briga, tampouco, pela morte do torcedor rival.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade