Sexta, 21 De Junho De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Nota Conjunta do PT Estadual e Municipal Aracaju


Publicado em 24 de maio de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Assinada pelo presidente do diretório estadual, deputado federal João Daniel, e pelo presidente do diretório municipal de Aracaju, Jeferson Lima, o PT emitiu a seguinte nota:
“A respeito da entrevista da companheira Eliane Aquino, atual Secretária Nacional de Renda e Cidadania, concedida ao Jornal da Fan, da rádio Fan-FM, na quarta-feira, 22, vimos a público lamentar profundamente as acusações feitas pela companheira, sobretudo por serem inverídicas e por estarem, reiteradamente, sendo feitas publicamente, nos veículos de mídia sergipanos. Isto é, no mínimo, antiético. Quaisquer disputas políticas devem se feitas nas instâncias do partido, em respeito à sua história e sua militância.
Tal atitude requer uma resposta institucional para esclarecer alguns pontos mencionados:
1. Em diversos momentos a direção deste Partido tentou dialogar com Eliane acerca das eleições municipais e indicação do PT para a disputa em Aracaju, a exemplo da ocasião do lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2023/2024, onde ela se comprometeu a dialogar em momento oportuno com a presença do presidente municipal do PT-Aracaju, Jefferson Lima e o presidente estadual do PT, João Daniel, no entanto, a companheira jamais retornou;
2. Reafirmamos que não obtivemos êxito em nenhuma das tentativas de diálogo com Eliane, sendo a última antes do encontro municipal, em março deste ano, que contou com a presença do companheiro Lindbergh Farias (PT-RJ), que oficializaria Candisse Carvalho como pré-candidata à prefeitura de Aracaju;
3. Fracassadas as tentativas de diálogo com Eliane Aquino, demos sequência à indicação de Candisse Carvalho pela necessidade de posicionamento do PT frente ao pleito eleitoral, por toda sua representatividade pois, obviamente, não poderia ficar “à reboque”, como diz a expressão popular e, tendo toda a legitimidade e força, fez o devido debate interno e democrático para se posicionar. Debate, este, que Eliane se ausentou;
4. O Partido dos Trabalhadores tem sido alvo recorrente de manchetes de fofoca na mídia sergipana que, aparentemente, tem um apreço especial em expor a sigla. Nesse sentido, esta direção tem mantido o respeito às instâncias partidárias e a todos os seus militantes ao não usar os meios de comunicação como palanque para expor ou atacar qualquer dos seus membros. Repudiamos veementemente o uso do oportunismo midiático para manchar a imagem do PT com inverdades e ao tornar público quaisquer divergências políticas de âmbito estritamente interno;
5. Com relação aos ataques de Eliane, se referindo ao senador Rogério Carvalho, o deputado federal João Daniel e o vereador Camilo Daniel como “pessoas que querem destruí-la” e “pessoas que mentem”, repudiamos tais ataques, as consideramos acusações graves e enfatizamos que é absolutamente inconveniente ofender as pessoas e a honra de correligionários por desavenças políticas;
6. O Partido dos Trabalhadores é um partido coletivo, construído pelas bases nos movimentos e organizações sociais. Dirigentes passarão, mas o legado partidário e sua imagem permanecerão. É necessário ter responsabilidade e cuidado com a história do PT. Todas as decisões são passíveis de debate e disputa democrática por posições políticas. Não ter respeito ao coletivo, submetendo-se às suas instâncias e assumir para si a propriedade de um legado, ter comportamentos individualistas e monárquicos não são e jamais serão próprios de militantes verdadeiramente petistas”.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade