Terça, 23 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Paulo Cesar apita River Plate e Confiança


Avatar

Publicado em 14 de maio de 2013
Por Jornal Do Dia


Paulo Cesar de Oliveira (FIFA - SP) apita amanhã em Carmópolis, River Plate e Confiança.

A Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF-SE) informou na tarde desta segunda-feira 14, os árbitros que trabalharão nas partidas desta quarta-feira pelo cruzamento olímpico entre Sergipe e Estanciano x River, no Batistão e River Plate x Confiança, no estádio Fernando França, em Carmópolis.
Paulo Cesar de Oliveira, árbitro da FIFA-SP. dirige River Plate tendo como assistentes Marcelo Van Gasse (FIFA/SP) e Márcio Santiago (FIFA/MG). O quarto árbitro também é de fora e do quadro da FIFA será Guilherme Ceretta de Lima (FIFA/SP).
Para Sergipe e Estanciano foi sorteado Wendell Oliveira. Ivaney Alves Lima e Nailson Guimarães serão os assistentes.

Polêmica – Arbitragem da FIFA foi um pedido dos dirigentes do Confiança, inconformados com a arbitragem de Claudionor dos Santos Junior, na partida contra o River Plate. O presidente Luis Roberto listou uma série de equívocos cometidos pelo árbitro na partida de domingo, que provocaram a solicitação de árbitro da FIFA, o que o deveria acontecer na grande final.
Como o pedido foi efetivado fora do prazo legal – Regulamento diz que tem que ser 72 horas antes do jogo e dentro do horário de expediente da FGSF – alegaram que o presidente Carivaldo Souza atropelou o regulamento, abrindo um precedente perigoso.
– Não houve abertura de precedente. Recebi a solicitação no domingo à noite e consultei o presidente do River Plate, fazendo ver a questão do prazo. Como houve a concordância de Ernando Rodrigues e é um assunto que só interessa a essas duas equipes, aceitei o pedido do Confiança, justifica Carivaldo Souza, colocando um fim à polêmica.

Quarto árbitro – A principio, o pedido era para o trio de árbitros. Mas a Associação de Árbitros, através do presidente Ivaney Alves Lima, em nome dos árbitros sergipanos, disse que nenhum árbitro sergipano iria trabalhar este ano nos jogos do Confiança.  
– Em respeito à classe, e devido à falta de clima, resultante das ofensas dos dirigentes proletários aos oficiais de arbitragem informamos nossa posição ao presidente Carivaldo, que não negou apoio à Associação, incluindo o quarto árbitro, na solicitação do time proletário", disse o presidente Ivaney.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE