Quinta, 30 De Maio De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade Publicidade

PM define plano de segurança para final do Sergipão


Avatar

Publicado em 10 de abril de 2024
Por Jornal Do Dia Se


POLÍCIA MILITAR QUER EVITAR QUE REPITAM CASOS DE VIOLÊNCIA ENTRE TORCEDORES, COMO ACONTECEU NOS JOGOS ANTERIORES (Divulgação/PM)

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) divulgou nesta terça-feira o planejamento operacional para antes, durante e depois das duas partidas entre Confiança e Sergipe, pela final do Campeonato Sergipano 2024.
Nos dias dos jogos, o trânsito na região da Arena Batistão sofrerá alteração e algumas ruas serão fechadas a partir das 16h. Já a partir das 18h, o policiamento de campo começa a ficar posicionado.
– Desde cedo estaremos nos bairros desenvolvendo operações e fazendo o monitoramento das torcidas. Para toda essa atuação, as unidades de área e as especializadas estarão envolvidas na operação para os jogos, que já tem início nos bairros. As ações também abrangem os terminais. E, em relação ao acesso ao estádio, qualquer objeto que faça alusão à torcida organizada não terá entrada permitida – explicou o major Sérgio Pedro, responsável pelo Comando do Policiamento Militar da Capital.
O planejamento elaborado pela Polícia Militar conta com unidades do Batalhão de Choque (BPChoque), do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp), do Regimento de Cavalaria Mecanizada de Motopatrulhamento (Getam) e do Regimento de Polícia Montada (RPMon).A quantidade de policiais militares atuando não foi divulgada.
Polícia Civil – A Polícia Civil também fará parte do planejamento de segurança nos dias das partidas. Delegados, agentes e escrivães estarão de plantão na 2ª Delegacia Metropolitana para atender as possíveis ocorrências.
A unidade também estará atuando no atendimento a outras ocorrências na capital e Grande Aracaju que tenham relação com os jogos.
– O plantão na 2ª Delegacia Metropolitana funcionará antes, durante e depois das partidas, tendo como objetivo atender com maior celeridade e presteza eventuais ocorrências levadas pela Polícia Militar e pela Guarda Municipal – contou Rosana Freitas, coordenadora das delegacias da capital.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade