Quarta, 17 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Polícia mata homem que teria reagido em ação contra tráfico


Avatar

Publicado em 08 de dezembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


Milton Alves Júnior
 
A Polícia Civil realizou na manhã de ontem nova operação unificada com a Polícia Militar contra o comércio de entorpecentes no município sergipano de Frei Paulo. De acordo com boletim de ocorrência apresentado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), o grupo suspeito de praticar o crime na região era composto por quatro integrantes; um confronto – iniciado pelos acusados -, resultou na morte de uma pessoa, enquanto outras três se renderam e foram encaminhadas para a Delegacia Regional. Conforme previsto, é possível que o trio seja submetido a audiência de custódia a ser realizada durante a manhã e tarde de hoje. Por se tratar de um crime inafiançável, a prisão em flagrante pode ser convertida em preventiva.
 
Para esta operação – denominada ‘São Nicolau’ -, foi preciso escalar policiais civis com atuação nas delegacias de Frei Paulo, Campo do Brito, Itabaiana, Ribeirópolis e Carira, além de profissionais da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), bem como efetivo do 3º Batalhão de Polícia Militar. Durante o curso das investigações, o setor de inteligência da SSP identificou que o grupo operacionalizava o sistema inclusive com o repassasse do material ilícito para outros municípios da região Agreste Central Sergipano, além da capital, Aracaju. A pasta da segurança Pública revelou ainda que o suspeito atingido chegou a ser atendido por uma equipe de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.
Os nomes dos acusados não foram apresentados pela SSP; todos devem responder por tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins. Previsto no artigo 33 do Código Penal, cabe pena de reclusão entre 5 e 15 anos, por exemplo, para quem preparar, produzir, vender, oferecer, ter em depósito, transportar, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas. Desde o primeiro trimestre deste ano o JORNAL DO DIA tem acompanhado as ações operacionais desenvolvidas pela SSP, em especial, no combate ao tráfico de drogas. Esta análise tem como perspectiva realizar comparações com a mesma atividade policial notificada entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2022.
No ano passado, foram apreendidos somente pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), e em Aracaju: 859,83kg de drogas pelas equipes da unidade; desse total: 583 kg foram de maconha; 12,33 kg de crack; e 264,5 kg de cocaína. Além desses entorpecentes, os policiais civis do Departamento de Narcóticos também apreenderam 474 unidades de comprimidos de drogas sintéticas como LSD e Ecstasy e 26 armas de fogo irregulares, que estavam nas mãos de investigados por tráfico de drogas. Um balanço geral deste ano deve ser apresentado na primeira quinzena do próximo mês de janeiro.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade