Quinta, 30 De Novembro De 2023
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Prefeito assina acordo de cidade – irmã com Yantai, metrópole chinesa


Avatar

Publicado em 14 de julho de 2023
Por Jornal Do Dia Se


Edvaldo ressaltou também que o estreitamento dos laços entre as cidades abre um leque de possibilidades no que diz respeito ao crescimento econômico de Aracaju, com impulsionamento das mais diversas áreas do setor econômico. Foto: Ana Lícia Menezes/PMA

Aracaju formalizou uma parceria histórica com a cidade chinesa de Yantai, nesta quinta-feira (13). Em solenidade realizada na capital sergipana, o prefeito Edvaldo Nogueira e o secretário do Partido Comunista Chinês de Yantai, Jiang Cheng, assinaram o acordo “Cidades Irmãs”, firmando um entendimento mútuo para o desenvolvimento econômico dos dois municípios, a partir do fortalecimento das relações governamentais e interpessoais. Com a irmandade selada, Aracaju e Yantai se comprometem em realizar esforços conjuntos, estabelecendo laços de cooperação para intercâmbios culturais, sociais e econômicos. A primeira-dama do município, Danusa Silva, e o governador Fábio Mitidieri participaram da cerimônia.
Ao assinar o acordo, que terá vigência de cinco anos, Edvaldo destacou que, com a iniciativa inédita, “Aracaju se abre para o mundo”. “Este é um dia muito importante para a nossa capital e para Sergipe. Com a assinatura deste acordo de cidades-irmãs com Yantai, damos um primeiro grande passo que trará grandes frutos para a nossa capital e para o estado. Estamos estabelecendo mais do que uma parceria. Pela primeira vez, na história de Aracaju, estamos selando uma irmandade com uma cidade oriental, abrindo nossas perspectivas para o desenvolvimento e progresso. Com toda certeza, será uma relação profícua e que melhorará, ainda mais, a qualidade de vida da nossa população. Portanto, é um dia de grande felicidade”, afirmou o prefeito.
Em seu pronunciamento, o gestor de Aracaju lembrou que o acordo firmado é resultado de um trabalho que se iniciou há quatros anos, quando as relações com a cidade chinesa começaram a ser estabelecidas. “Ainda no meu mandato anterior, recebi a cônsul-geral da China no Recife, à época, e começamos a trabalhar essa aproximação que se consolida hoje, com a formalização do protocolo. Com isso, passamos a ser cidades-irmãs e realizaremos intercâmbios culturais, sociais, mas sobretudo, faremos intercâmbios de negócios. Aracaju se tornou capital estrategicamente, a partir da necessidade de Sergipe se abrir para o mundo. O mesmo aconteceu com Yantai, uma cidade portuária que hoje é considerada uma das mais desenvolvidas da China. Temos muitas similaridades e, juntas avançaremos ainda mais”, reiterou.
Edvaldo ressaltou também que o estreitamento dos laços entre as cidades abre um leque de possibilidades no que diz respeito ao crescimento econômico de Aracaju, com impulsionamento das mais diversas áreas do setor econômico. “A cidade de Yantai é uma das mais importantes da China. Ela foi a primeira zona de processamento de exportação chinesa e vai ser muito importante para nossa cidade ter essa interação, visto que já há um interesse dos chineses em fazer investimentos em nosso estado, a partir da exploração do petróleo e do gás natural”, frisou Edvaldo completando que uma agenda de intercâmbios já está sendo programada entre as duas cidades.
O secretário do Partido Comunista Chinês de Yantai, Jiang Cheng, destacou que “é uma grande felicidade celebrar este acordo importante para as duas cidades”. Ao elencar as potencialidades da cidade chinesa, em seu discurso, o secretário enfatizou que “Aracaju possui características muito similares e que, a partir desta grande cooperação, as cidades de ambientes promissores estabelecem uma grande e produtiva relação”. “Aproveito para parabenizar esta cerimônia, em nome de Yantai, e manifestar agradecimento a todos os presentes”, finalizou.

**PUBLICIDADE
Publicidade


Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE
Publicidade


**PUBLICIDADE
Publicidade