Segunda, 15 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Risco de infestação do mosquito aumenta 20% em Aracaju


Avatar

Publicado em 16 de março de 2024
Por Jornal Do Dia Se


EDVALDO MOSTRA OS NÚMEROS DO NOVO LIRAA: infestação geral é de 1,2, valor considerado como médio risco para surtos ou epidemias (Ana Lícia Menezes/PMA)

O mais recente Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), divulgado na manhã de ontem pela Prefeitura de Aracaju, mostrou que o risco para infestação geral provocada pelo mosquito transmissor da dengue subiu 20% se comparado com a última análise feita entre os meses de outubro e dezembro do ano passado. Conforme destacado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), o levantamento indicou uma infestação geral de 1,2, valor considerado como médio risco para surtos ou epidemias. Diante deste aumento, a perspectiva por parte da administração municipal é que as ações de combate ao Aedes aegypti – também transmissor da chikungunya e zika -, sejam impulsionadas em todos os bairros da capital sergipana.
Em meio ao aumento dos casos envolvendo dengue entre novembro de 2023 e esta primeira quinzena de março, o aspecto positivo fica por conta da constatação de representativa redução se comparado com às primeiras dez semanas de 2023 – as quais correspondem do dia 1º de janeiro à 15 de março. Ao todo foram registrados 172 casos de dengue em 2023, e, este ano, 42 notificações, uma redução de 75,6%. Já os casos de chikungunya, no mesmo período, passaram de 145 para 12, uma queda de 91,7%. E os índices confirmados de zika passaram de 6, nas dez primeiras semanas de 2023, para zero, neste mesmo período em 2024. Entre as medidas emergenciais criadas para combater a possibilidade de epidemia está a assinatura do Decreto nº 7.534.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade