Segunda, 15 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Sergipe faz “Dia D” de mobilização contra dengue


Avatar

Publicado em 02 de março de 2024
Por Jornal Do Dia Se


Municípios sergipanos aderiram ao chamamento feito pelo Ministério da Saúde e Governo do Estado e intensificam ações contra mosquito (Divulgação/SES)

A fim de conscientizara população sobre o combate à transmissão da dengue, zika e chikungunya, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio dos municípios sergipanos, têm desenvolvido diversas ações para o controle do mosquito Aedes aegypti. Entre as medidas realizadas estão roda de conversa com estudantes para orientações, mobilizações de limpeza em municípios e em zonas rurais. Pensando nisso, neste sábado (2), ocorrerá o Dia D de mobilização contra a dengue nos 75 municípios sergipanos.
O secretário de Estado da Saúde, Walter Pinheiro, explicou que é necessário mobilizar ao máximo nessa fase de alerta em relação à epidemia da dengue. “É sempre oportuno trabalhar junto aos alunos, para difundir, divulgar as ações de prevenção. As escolas são um ambiente propício para que ocorra o aprendizado nesse enfrentamento que envolve a dengue, que é uma doença que nos aflige há muito tempo, e que neste primeiro momento se faz necessário um alerta especial, diante das epidemias que vêm ocorrendo em outros estados. Além disso, essa ação junto aos municípios faz com que a gente passe por esse momento de uma forma mais adequada”, frisou o secretário
Além da ação em Aracaju, os municípios de Lagarto, Itabaiana, Propriá, Santo Amaro das Brotas, São Cristóvão, Feira Nova, Itaporanga d’Ajuda, Pacatuba, São Francisco, Pirambu, Cumbe, Carmópolis, Salgado, Estância, entre outros, realizaram capacitações e mobilizações de limpeza com os agentes comunitários de saúde, promovendo rodas de conversa com informações relevantes para enfrentamento das arboviroses
De acordo com a gerente de endemias da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Sidney Sá, boa parte dos municípios aderiram ao chamamento do Ministério da Saúde e do Governo do Estado. Segundo ela, a mobilização é uma ação efetiva para conscientizar a população. “É um momento crucial, porque antecede o período de maior risco da transmissão da doença aqui no nosso estado. Outros que ainda não fizeram irão desenvolver ações posteriormente, em dias posteriores ao dia 2, mas o que importa é realmente mobilizar e sensibilizar a população para o trabalho no controle do Aedes aegypti “, destacou Sidney.
O combate do mosquito também foi realizado na zona rural. Em alguns municípios, por meio do Laboratório Central de Sergipe (Lacen), foi feita a colocação de armadilhas, conhecidas como ovitrampas, em quarteirões previamente sorteados no Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa), onde os índices foram baixos. Todos os municípios com altos índices já passaram por essa ação preventiva.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade