Segunda, 15 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Sergipe terá R$ 1,9 bilhão do FNE em 2024


Avatar

Publicado em 14 de dezembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


O Conselho Deliberativo da Sudene (Condel)  aprovou, na manhã desta quarta-feira (13), o orçamento do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para o ano de 2024. O Banco do Nordeste (BNB), que detém exclusividade na operacionalização do fundo, será responsável pela aplicação de R$ 37,82 bilhões nos setores produtivos em sua área de atuação.
A reunião deliberativa realizada em Recife (PE) contou com a participação do ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, do presidente do BNB, Paulo Câmara, e do superintendente da Sudene, Danilo Cabral. Prestigiaram o evento os governadores Jerônimo Rodrigues (BA), Fátima Bezerra (RN), João Azevedo (PB) e as vice-governadoras Jade Romero (CE) e Priscila Krause (PE).
Para Sergipe, o Condel assegurou a destinação de R$ 1,9 bilhão, o que representa 5,2% do orçamento total do FNE. Entre as áreas beneficiadas no estado, destacam-se a agricultura e a pecuária, que receberão juntos R? 1 bilhão, e o segmento de comércio e serviços, que será contemplado com R$ 434,5 milhões.
O presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, enfatizou a importância dos recursos do FNE para região Nordeste, prevendo um crescimento da economia nordestina acima da média nacional nos próximos anos. Ele destacou as aplicações recordes com recursos do Fundo Constitucional nesse ano.
A projeção para 2024 inclui a aplicação de R$ 23,53 bilhões, ou 62,2% dos recursos, em empreendimentos de mini, micro, pequeno e pequeno-médio portes, considerados prioritários pelo banco. O percentual para esse público, que tem faturamento máximo anual de até R? 16 milhões, é recorde na história da programação do FNE.
Além disso, o Banco do Nordeste reserva 10% do orçamento do FNE para 2024 para aplicação por meio do seu programa de microcrédito urbano, Crediamigo. O que totaliza R$ 3,78 bilhões. O Agroamigo, com o qual o banco operacionaliza o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), receberá um aporte de R$ 8 bilhões do Fundo.
**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade