Domingo, 14 De Abril De 2024
       
**PUBLICIDADE
Publicidade

Vereadores lamentam ausência de planejamento do HU para emendas impositivas


Avatar

Publicado em 14 de dezembro de 2023
Por Jornal Do Dia Se


O presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), vereador Ricardo Vasconcelos (Rede) lamentou a ausência de representantes do Hospital Universitário (HU) na sessão desta quarta-feira, 13, na qual entidades estiveram no legislativo apresentando planejamento para solicitação de verbas das emendas impositivas.
De acordo com Ricardo, a gestão anterior, que tinha o médico Dalmo Correia à frente, apresentou um planejamento detalhado, o que acarretou o envio de quase R$ 8 milhões de emendas impositivas dos parlamentares. “Quero lamentar que a nova gestão não tenha se articulado e apresentado projeto com planejamento de ampliação, porque fica parecendo que está tudo perfeito e que não precisa de emendas da Câmara”, lamentou.
O presidente ainda ressaltou que vai formar uma comissão de vereadores para visitar o HU. “Vou fazer uma vistoria com outros vereadores para conferir se está tudo funcionando, porque o que o Hospital Cirurgia trouxe foi que o HU não está fazendo nem 9% dos procedimentos de alta complexidade no Estado”, afirmou.
Outro ponto destacado por Ricardo Vasconcelos foi de que as emendas poderiam servir para o aparelhamento da estrutura hospitalar, o que possibilitaria uma ampliação do atendimento à população. “O HU tem um prédio com vários andares de leitos precisando de equipamentos e quando a Câmara acolheu o projeto do ex-superintendente foram por algumas razões que nos levaram a abraçar: primeiro porque é um hospital-escola que forma os médicos que vão cuidar do povo. Segundo, porque é um hospital 100% SUS e que faz procedimentos que outros não fazem, além disso, tem uma medicina de ponta, com profissionais muito preparados e que estão sendo mal aproveitados”, pontuou.
O vereador Pastor Diego (PP) também lamentou a falta de representantes do HU. “Na época da mudança da gestão fiz uma fala sobre isso e fui muito criticado. Agora, percebemos que eu tinha total razão. Lembro que no ano passado recebemos o gestor com um planejamento maravilhoso e investimos e, para minha surpresa, a única instituição que não esteve presente foi o HU”, lamentou.
Já o vereador Eduardo Lima (Republicanos) criticou a falta de diálogo da atua gestão da unidade hospitalar. “Tenho muita tristeza em ver que o HU não se interessou em dialogar com a Câmara e me surpreende, negativamente, porque o intuito da Câmara é melhorar a saúde de Aracaju. Ano passado, foram quase R$ 8 milhões destinados para o HU e, este ano, não quiseram saber das emendas”, disse.

**PUBLICIDADE



Capa do dia
Capa do dia



**PUBLICIDADE


**PUBLICIDADE
Publicidade